Casa Created with Sketch.

Cidade mais sustentável do planeta ficará pronta em 2020, na Coreia do Sul

O projeto, orçado em US$ 35 bilhões, prevê a construção de 80 mil apartamentos, 46 milhões de metros quadrados de escritórios e pode abrigar até 40 mil habitantes

songdo

 (/)

Já imaginou morar em uma cidade onde nada agride a natureza? Esse é o projeto de uma cidade que está sendo erguida na Coreia do Sul, chamada Songdo, à beria do Mar Amarelo, com o que há de mais moderno em tecnologia e conceitos de urbanismo.  O projeto, orçado em US$ 35 bilhões, prevê a construção de 80 mil apartamentos, 46 milhões de metros quadrados de escritórios e pode abrigar até 40 mil habitantes. Construída sobre uma ilha artificial, a cidade promete ser a mais sustentável do planeta, contando com controle inteligente de tráfego, wireless, 40% de áreas verdes, programas de reciclagem e uso consciente de água e energia.

Existe um planejamento para evitar desperdícios e reutilizar a água através de um sistema de retenção da demanda pluvial. Até mesmo a água que foi usada para lavar pratos e roupas também pode ser armazenada e servir para a irrigação das praças e outras vegetações da cidade. Outra maneira para armazenar este recurso natural previsto pelo projeto é plantar vegetação no topo dos edifícios, o que pode reduzir a perda de água da chuva e contribuir com o crescimento das plantas.

Além de sustentável, Songdo conta com um sistema inteligentíssimo de tráfego, que evitará o trânsito. Haverá sensores colocados no asfalto que detectam a velocidade dos veículos e conseguem calcular o tempo de abertura dos semáforos. Assim, dependendo da velocidade dos carros, os faróis podem abrir em menor tempo para evitar engarrafamentos.

A cidade foi planejada em torno de um parque central, que é duas vezes maior que o Central Park de Nova York (Estados Unidos) e sua disposição permite que os moradores das áreas residenciais possam caminhar por essa área verde para trabalhar no centro comercial. As unidades das primeiras torres residenciais foram vendidas na planta e a cidade já oferece infraestrutura viária, transporte público, comunicação e entretenimento. A empreitada começou em 2000 e tem planos para ficar pronta em 2020.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s