Casa Created with Sketch.

Casal personaliza apartamento de 107 m² em Porto Alegre

Cheio de referências modernistas, este premiado prédio em Porto Alegre traz oito apartamentos, todos com planta personalizada. A seguir, conheça um deles

00-casal-personaliza-apartamento-de-107-m2-em-porto-alegre

 (/)

Em seu segundo apartamento, a publicitária Carolina Consul Lipinski e o médico anestesista Cristiano Hahn Englert desejavam um lugar com astral bem moderno. Paredes? Nem pensar, tampouco no quarto. Queriam experimentar a liberdade de viver num refúgio amplo, ensolarado e livre de barreiras visuais. Os arquitetos Graziella Yllana Hecher e Rodolfo De Conto Hecher, chamados pelo casal para customizar a morada, entenderam o recado, fechando apenas o lavabo e, em parte, o banheiro da suíte. Essa tarefa contou com uma vantagem e tanto: o prédio, projetado pela Smart!, uma incorporadora-butique, já saiu da prancheta com um traçado inspirador, marcado por elementos modernistas. A construção inaugurou na capital gaúcha movimento semelhante ao que já faz sucesso em São Paulo – edifícios baixos, bem planejados, com formatos inovadores, assinados por arquitetos renomados. Foi justamente esse toque de exclusividade, garantido especialmente pela planta flexível, que seduziu o médico e a publicitária. Depois de ter vivido na França e nos Estados Unidos, ele não se imaginava confinado num endereço convencional e compartimentado. “Não queríamos um apartamento apertado, num prédio com estrutura de lazer que difcilmente iríamos usar, mas algo com jeito de loft para curtirmos a companhia um do outro e dos amigos, inclusive quando estamos cozinhando”, revela Carolina. Embora organização não seja a maior qualidade dos dois, o conceito de loft funcionou graças ao bom aproveitamento do espaço, repleto de armários. “Temos lugar de sobra para guardar pequenos e grandes objetos e isso nos ajuda a manter a casa sempre em ordem”, explica a publicitária. Contínuos, o piso de madeira e a iluminação cenográfica, com discretos trilhos metálicos, reforçam a sensação de amplitude. O belo resultado se deve também ao empenho dos moradores em acompanhar a obra de 45 dias. “Foi uma grande e deliciosa terapia”, brinca Carolina.

 

Integração total

Os ambientes são, na prática, definidos pelo mobiliário fixo. Na nova versão, a cuba e o fogão foram descolados da parede e posicionados na ilha que separa cozinha e sala.

1-casal-personaliza-apartamento-de-107-m2-em-porto-alegre

 (/)

– Área de banho livre: diferentemente da planta original, que previa o ambiente isolado, o banheiro aqui se conecta à suíte do casal – a banheira, o boxe com chuveiro e a cuba estão no mesmo espaço do dormitório.

– Longo apoio: o extenso banco de concreto (0,60 x 9,40 m, com 40 cm de altura) é a face interna da caixa de concreto que, do lado de fora, emoldura as esquadrias de PVC, barra o excesso de sol na fachada oeste e cria interessante efeito visual.

 

Área: 107 M²; Execução: Engecarlo Engenharia e Construções (Prédio) e Hecher Yllana Arquitetos (Interiores e Projeto luminotécnico)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s