Arquitetos criam abrigo de bambu para vítimas do terremoto no Nepal

Diante da dificuldade de acesso às aldeias mais remotas do país, a estrutura é erguida com materiais disponíveis no local

Por Gabriela Fachin Atualizado em 14 dez 2016, 11h13 - Publicado em 9 dez 2015, 18h28
01-arquitetos-criam-abrigo-de-bambu-para-vitimas-do-terremoto-no-nepal

Os arquitetos Charles Lai e Takehiko Suzuki, ao lado do aona (atelier de arquitetura neutra), construíram o protótipo de um abrigo de construção rápida para as vítimas do terremoto no Nepal, utilizando bambu e outros materiais disponíveis no local.

Muitas famílias desabrigadas ergueram construções temporárias com tijolos de barro, que não são resistentes a terremotos nem às chuvas. Além disso, há a dificuldade de transportar outros materiais até locais mais remotos do país.

02-arquitetos-criam-abrigo-de-bambu-para-vitimas-do-terremoto-no-nepal

Assim, Charles e Takehiko projetaram um sistema estrutural com materiais que estão disponíveis nas aldeias do Nepal. A armação é feita de bambu, que é barato e abundante na região, e o envoltório do abrigo pode ser feito com chapas metálicas, telas ou tiras do mesmo material. O telhado inclinado do abrigo mantém o interior seco na estação das chuvas e os elementos diagonais ajudam na resistência da estrutura aos tremores de terra.

O protótipo foi construído na vila de Duwakot em dois dias por uma equipe de 14 pessoas. Eles reutilizaram madeira e chapas metálicas das casas danificadas para revestir o abrigo, que custa entre 400 e 500 dólares.

A intenção dos arquitetos agora é reconstruir escolas e instalações comunitárias nas regiões de Gorkha, Katunge e Bhaktapur.

Continua após a publicidade

Publicidade