Apartamento sessentão de 85 m² parece novo após a reforma

O gerente de comunicação Leonardo Policarpo trocou o sonho do imóvel zero-quilômetro por um apê sessentão. E não se arrependeu: o endereço já não aparenta a idade que tem

Por Texto Carine Reis | Fotos Carlos Piratininga | Reportagem Visual Angela Caçapava Atualizado em 14 dez 2016, 11h10 - Publicado em 26 nov 2013, 19h20
abre-apartamento-sessentao-de-85-m2-parece-novo-apos-a-reforma

Decidido a dar adeus ao aluguel, o rapaz partiu em busca de um canto com o qual se identificasse. “Como não queria um lugar parecido com casa de avó, restringi a procura a prédios novos. Porém, dois anos se passaram, e não achei nada bacana que coubesse no bolso, mesmo longe do centro da cidade”, conta o capixaba, que vive em São Paulo há quase duas décadas. Foi aí que uma amiga ofereceu o apartamento dela para venda, explicando que pretendia comprar um antigo – maior e mais bem-localizado – para reformar. Leo recusou o negócio, mas guardou a dica. Três meses depois, encontrou, em um ótimo bairro, os 85 m² velhinhos que viraram sua primeira casa própria. Veio então o desafio de modernizá-la, tarefa para a qual ganhou a ajuda da prima, a designer de interiores Bia Barreto. A fórmula do projeto? Pouca quebradeira e muito reaproveitamento!

*largura x profundidade x altura.

Preços pesquisados em julho de 2013, sujeitos a alteração.

Continua após a publicidade

Publicidade