Alugar imóvel volta a ser bom negócio

O aquecimento do mercado imobiliário devolveu a boa forma a um velho investimento: a compra de imóveis para alugar.

Por Por Lara Muniz Atualizado em 14 dez 2016, 10h38 - Publicado em 12 dez 2007, 15h20

A rentabilidade tornou-se atrativa graças à procura maior nos últimos tempos – a falta de unidades aumentou o preço e deu ao aluguel rentabilidade média de 0,8% ao mês, equivalente a 10% ao ano. Há três anos, esse índice não ultrapassava os 0,5% mensais. Como referência, vale dar uma olhada no rendimento atual da caderneta de poupança, que chega a 0,6% ao mês. Outros números que confirmam a viabilidade do negócio referem-se à velocidade de locação de imóveis novos ou bem conservados: uma casa leva apenas 10,7 dias para encontrar novo inquilino e um apartamento, 17 dias. Em São Paulo, cerca de 21% dos imóveis são alugados e o perfil dos locatários inclui desde estudantes universitários e recém-casados até profissionais liberais com trabalho temporário e divorciados.

Veja também:

São Paulo quebra recorde de imóveis lançados

Publicidade