Casa Created with Sketch.

7 dicas para te ajudar a escolher alguém para dividir o apartamento

Morar com outra pessoa é sempre um desafio. Para não ter erro, confira estas dicas antes de escolher o novo roommate

01

 (/)

Não tem como negar: cada um gosta da casa de um jeito e tem seus próprios hábitos (e manias), o que pode incomodar (e muito) as outras pessoas que convivem no espaço. Seja por necessidade financeira ou porque todos os seus amigos resolveram sair de casa e se juntar, é sempre bom estar preparado e saber os seus limites quando o assunto é dividir o apartamento ou casa. Para não ter erro, confira estas dicas, publicadas pelo site Domain, antes de escolher o novo roommate

1. O aluguel

Não somente é importante saber se a pessoa pode arcar com as despesas, também é necessário saber se existe um plano B para eventuais imprevistos, como perda de emprego, conserto de última hora, etc.

2. Preferências pessoais

O inquilino gosta de acordar tarde aos sábados, como você, ou ele prefere acordar às 8h e fazer exercício em casa com o som no último volume? Amigos são permitidos em casa? Em quais horários? Pense no seu estilo de vida e no que você gostaria de negociar com a pessoa – acredite: vai economizar muita dor de cabeça no futuro.

3. Horários e divisões

Bem parecida com a dica acima, esta depende do espaço disponível na morada. Por exemplo, se há somente um banheiro, seria bom organizar os horários para que todos consigam tomar banho de manhã e não se atrasar para o trabalho. A cozinha também pode entrar nessa negociação, assim como a televisão da sala e outros aparelhos divididos. Quanto mais organizado e alinhado, menos disputa e estresse.

4. Limpeza

Importante: vocês preferem uma diarista ou vão limpar o apartamento sozinhos, dividindo tarefas? Quem lava as louças em quais dias e quantas vezes por semana se limpa o banheiro? Dica: se você é organizado, estabeleça a sala e outras áreas comuns como neutras – ninguém pode deixar nada jogado nelas.

5. Prioridades e limites

Você se importa se o novo inquilino fumar? E se ele tiver um gato e um cachorro? E se ele tiver amigos ou namoradas(os) que sempre visitam e até passam a noite na casa? Ele usa muita internet? Ele precisa de espaço para uma coleção de plantas ou DVDs? Neste momento, o melhor é saber a fundo quais as preferências do inquilino e quais as suas preferências e limites – até onde vocês podem negociar?

6. Recomendações

Se você tem algum contato em comum com o novo inquilino, já é um começo. A questão é: existe alguém que possa te dizer como ele é? Novas perguntas podem surgir e pessoas podem não perceber que têm um mania, por exemplo. Se a pessoa conviveu com o inquilino em potencial, então, melhor ainda.

7. Oficialize tudo

Tenha tudo documentado: o dia da mudança, os dias dos pagamentos, se os pagamentos estão em ordem, como as contas são divididas, quem vai limpar o que, e quais são os deveres de cada um (inclusive as regras do condomínio e do apartamento). Uma boa ideia é manter uma lousa ou painel em algum lugar visível – no corredor, por exemplo –, para que todos possam lembrar de tudo.

02

 (/)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s