Casa Created with Sketch.

Técnicas de meditação para todos os dias

Cada dia mais gente descobre na meditação a chave para enfrentar o cotidiano com mais equilíbrio e vitalidade. Saiba como começar agora mesmo!

Técnicas de meditação para melhorar toda a sua vida_01

 (/)

Antes restrita aos religiosos, a meditação tem sido adotada por pessoas de todas as idades e estilos de vida, que buscam ter mais vigor e clareza e encontrar um caminho para a espiritualidade. A meditação pode ser feita em qualquer hora e lugar. Basicamente, ela faz com que a mente e o corpo fiquem em sintonia, conectados ao tempo presente. Essa integração aumenta a serenidade e reduz os níveis de estresse e desgastes emocionais desnecessários. “Meditar é cultivar estados da mente que levam à paz e ao bem-estar”, diz a monja Kelsang Pälsang, diretora dos mosteiros budistas da tradição kadampa no Brasil. E não é preciso se ligar a uma religião para desfrutar dela. Conheça algumas linhas abertas para iniciantes.

A meditação hinduísta

 

1. Sente-se em uma cadeira, com a coluna alinhada e pés bem apoiados no solo. Se preferir sentar no chão, fique com as pernas cruzadas, em posição de lótus.

2. Deixe a respiração bem tranqüila, os olhos abertos e pense: “Eu focalizo a atenção no que está acontecendo em meu mundo interior”.

3. Perceba que muitos pensamentos passam pela mente e que você tem o poder de escolher os melhores e dispensar os ruins. Pense: “Eu escolho o pensamento de paz”.

4. Visualize um ponto de luz no centro da testa, entre as sobrancelhas. Pense: “Sinto que sou um ser de luz e paz”.

5. Preste atenção em como sua mente está calma e saboreie esse momento. Pense: “Deus também é um ponto de luz. Sinto a paz e o amor Dele chegando a mim. Absorvo essa paz e irradio-a para o mundo”.

6. Fique alguns momentos apreciando a experiência e volte lentamente sua atenção para o que está a sua volta.

Meditação budista tibetana

 

1. Comece pensando: “Assim como eu quero ser feliz e evitar o sofrimento, os outros seres também querem a felicidade”.

2. Lembre-se dos seres vivos a seu redor – família, amigos, animais. Todos querem ser felizes.

3. Surgirá uma forte sensação de que todos são iguais, querem a mesma coisa e são irmãos.

4. Quando essa sensação surgir, procure concentrar-se nela sem distrações. Quanto mais familiarizar a mente com essa idéia, mais calma e tranqüila ela se tornará.

Meditação zen-budista

 

1. Em um local agradável, alinhe a coluna, firme os pés no chão e afaste ligeiramente as pernas, sem travar os joelhos.

2. Respire esvaziando bem o pulmão, soltando todo o ar pela boca várias vezes.

3. Depois, lentamente, caminhe com passos miúdos. Inspire e dê mais um passo (do tamanho da metade de seu pé). Expire e avance da mesma forma.

4. Sinta o chão sob os pés, a brisa no rosto, as áreas de luz e de sombra a seu redor.

5. Perceba que às vezes você pensa ou não pensa. Caso se distraia, volte a prestar atenção.

6. Sinta que sua mente está em paz e, lentamente, volte a caminhar normalmente.

Meditação cristã

 

1. Procure um lugar silencioso.

2. Faça uma leitura de um fato importante em sua vida do dia, do mês, do ano. Nesse balanço, procure se lembrar das pessoas e das crises.

3. Escolha e leia um trecho da Bíblia a cada dia.

4. Concentre-se em uma palavra ou frase, compreendendo o sentimento e o sentido profundo de cada mensagem.

5. A seguir, fique em frente a uma imagem bonita (paisagem ao ar livre ou diante de uma bela foto) para de novo prestar atenção no silêncio.

Meditação para dormir bem

 

1. Sente-se em um ambiente tranqüilo, com as luzes apagadas. Deite, feche os olhos e preste atenção em seu corpo.

2. Perceba cada ponto de tensão. Comece por cabeça, pescoço, ombros e vá descendo e relaxando ponto a ponto.

3. Observe o ritmo da respiração e faça com que ela aconteça na altura do abdômen e não no tórax. Isso melhora a oxigenação e libera emoções contidas. Relaxe, até dormir.

Recomendações: Vá para o quarto apenas quando já estiver com sono. Faça esse exercício todas as noites, durante 15 minutos.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.