Prato principal ou petisco: prepare o cordeiro no chope escuro

A chef Júlia Guimarães ensina receita de cordeiro, que pode ser servida como prato principal ou petisco

Por Por Vanessa D'Amaro Atualizado em 20 dez 2016, 23h17 - Publicado em 15 out 2009, 12h04
Um título para uma foto sem titulo

É inevitável falar de futebol no bar paulistano São Cristovão. Culpa da decoração: são cerca de 3 500 itens futebolísticos – fotos, escudos, flâmulas e caricaturas – forrando todas as paredes. Primeiro bar aberto na badalada rua Aspicuelta, na Vila Madalena, o São Cristóvão funciona do meio-dia até o último cliente da madrugada. Entre os pratos mais pedidos estão a feijoada de cumbuca e o bacalhau desfiado com feijão-fradinho, mas não há nada melhor do que uma receita elaborada de cordeiro no chope escuro para apreciar os registros de Garrincha com a Taça Jules Rimet no colo. A marca do prato – que demanda certa paciência para o preparo: são 4 horas de cozimento – é a versatilidade. “Essa mesma receita pode ser transformada em petisco e ser servida com torrada”, explica a chef Júlia Guimarães. Bastam algumas modificações na finalização do prato, e pronto! Você tem um petisco requintado. Para caprichar no cardápio, consulte sempre nosso canal de Receitas.

 

Bar e Restaurante São Cristóvão

Onde: Rua Aspicuelta, 533 – Vila Madalena, São Paulo/SP

Informações: (11) 3097-9904

Um título para uma foto sem titulo

 

Receita de cordeiro no chope escuro

Rendimento: 9 porções como prato principal ou 6 porções como petisco

Tempo de preparo: 4 horas

 

Ingredientes

3 paletas de cordeiro serrados contra o osso

3 cebolas grandes cortadas em cubos

Continua após a publicidade

2 cenouras pequenas fatiadas

1 litro de chope escuro

80 g de dentes de alho descascados e cortados ao meio

100 g de salsão fatiado

40 g de pimenta-preta em grão

3 colheres de sopa de sal

1 maço pequeno de hortelã picada

Buquê garni (1 ramo de tomilho, 1 galhinho de alecrim, 1 folha de louro e ramos de sálvia)

Óleo vegetal para selar

 

Modo de preparo Sele os pedaços de cordeiro em óleo até dourar (aprenda esse processo neste vídeo). Não deixe queimar. Reserve num caldeirão.

Frite a cebola no mesmo óleo. Espere dourar e acrescente a cenoura. Assim que a cebola e a cenoura estiverem no ponto, junte o alho e o salsão. Adicione ao preparo a carne, a pimenta, o sal e o chope, além do buquê garni. Cubra com água. Cozinhe por aproximadamente 4 horas até que a carne fique bem macia.

Separe os pedaços de cordeiro e coe o caldo. Deixe esfriar um pouco e desengordure – para fazer isso, será necessário colocar o caldo na beira do fogo. O líquido ferverá nesse lugar e a gordura se isolará no outro lado da panela. Assim, é só separar o caldo que deverá ser usado no prato final.

Engrosse esse caldo com um espessante (roux – mistura de manteiga e farinha de trigo, na mesma proporção, cozida por poucos minutos) antes de servir. Misture um pouco de hortelã picada. Cubra a carne. Para o prato ficar ainda mais apetitoso, sirva com batatas cozidas.

 

Para servir como petisco Depois de pronto, desfie a carne do cordeiro e refogue com cebola. Prepare o caldo como descrito acima. Após engrossar, misture o caldo com a cebola e com a carne na panela. A carne de cordeiro ficará molhadinha. Salpique com hortelã picada e salsão fatiado. Sirva com torradas.

Continua após a publicidade

Publicidade