Jogo do bicho é tema de exposição no Rio de Janeiro

Presente há 123 anos na cultura carioca, os animais do jogo ganharam releituras bem-humoradas feitas por artistas populares de todo o país

Por Jéssica Michellin Atualizado em 20 dez 2016, 21h19 - Publicado em 4 ago 2015, 16h08

Cavalo, rato e macaco. O que esses três animais têm em comum? Todos eles participam do “jogo do bicho”, uma prática ilegal que surgiu em 1892 no Jardim Zoológico do Rio de Janeiro pelo Barão de Drummond. Enraizado há 123 anos na cultura carioca, os animais do jogo ganharam releituras bem-humoradas feitas por artistas populares de todo o país.  Ao todo, os 25 animais são representados em obras por mais de 30 artistas, que utilizaram madeira, cerâmica, sucata, dentre outros materiais, para compor as peças. “A ideia foi mostrar como, em todo o Brasil, os 25 bichos convivem no imaginário popular e são retratados nas formas mais distintas e criativas”, conta Ana Ana Chindle, curadora da mostra. A exposição abre no dia 13 de agosto e vai até 3 de setembro na galeria Pé de Boi. Confira algumas obras apresentadas:

01-avestruz-em-madeira-do-artesao-elmo-do-altiplano-da-guatemala-galeria-pe-de-boi 02-cavalo-em-madeira-artesao-joao-juliao-minas-gerais-galeria-pe-de-boi 03-escola-dos-animais-em-ceramica-do-artesao-antonio-rodrigues-do-alto-do-moura-pernambuco-galeria-pe-de-boi

Serviço: Exposição “Que Bicho Deu?”

Continua após a publicidade

Local: Galeria Pé de Boi. Rua Ipiranga 55, Laranjeiras, Rio de Janeiro. Tel.: 2285-4395.

Visitação: De segunda a sexta, das 10h às 19h; sábado, das 10h às 13h. Até dia 3 de setembro.

Entrada Gratuita.

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade