Hostel em São Paulo tem rotina com práticas sustentáveis

Horta, água de chuva reutilizada, compostagem com lixo orgânico e bicicleta de garrafa pet para aluguel são algumas das características sustentáveis deste hostel em SP.

Por Por Juliana Aguilera e Talitha Adde, do site Catraca Livre Atualizado em 20 dez 2016, 20h58 - Publicado em 23 set 2013, 17h38
Hostel_Destaque_-edi-450x337

O Bee W Hostel Bar, localizado na Rua Haddock Lobo, no bairro da Bela Vista, tem o objetivo de se tornar um ponto de referência para empreendedores, colaboradores e empresas com boas ideias para design verde ou sustentável.

A ideia para o negócio surgiu em julho de 2011 e foi construído em janeiro de 2012. Em sua dinâmica cotidiana, o hostel busca compartilhar histórias, conhecer novas pessoas, estimular ideias e conhecer novas culturas, sem esquecer o lado sustentável. Na varanda, por exemplo, existe uma horta em que se cultivam ingredientes utilizados na cozinha, como o manjericão.

Um dos destaques do ambiente é o destino dado à água de chuva, que é canalizada e reutilizada. Aos que gostam de atividades físicas, o estabelecimento oferece bicicletas Muzzi, feitas com suporte de garrafas pet, por R$10 a hora. Todo o lixo orgânico produzido no hostel é usado na compostagem e o não orgânico é reciclado.

Com diárias que variam de R$60 a R$200, a recepcionista Andrea Muner comenta da diversidade de quartos disponíveis. “São três quartos para 10 pessoas. Os quartos possuem temas como Amazônia e Índia, além de quartos femininos e suíte”, explica.

tit-catraca-livre

Matéria publicada originalmente no site do Catraca Livre.

Continua após a publicidade

Publicidade