Família troca a cidade por uma vida próxima da natureza

Em busca de uma vida mais sustentável, família troca a cidade pela simplicidade do interior

Por Texto Manu Melo Franco / Fotos Hugo Ruax Atualizado em 14 dez 2016, 12h02 - Publicado em 4 out 2014, 17h59

“Há um ano, eu e meu marido, Hugo, saímos de Lagoa Santa, MG, rumo à região rural de Piatã, na Chapada Diamantina, BA, onde a mãe dele conservava uma casa ociosa num terreno de 4 hectares. Essa escolha veio do desejo de proporcionar a Nina e Tomé, nossos filhos, um dia a dia mais simples, livre e próximo da natureza, longe do consumismo exagerado e dos valores um tanto corrompidos pela rotina dos grandes centros urbanos. Aqui, plantamos nosso próprio alimento: temos horta orgânica, herbário e canteiro de temperos. Como nunca havíamos trabalhado com a terra, nós nos baseamos na permacultura e no conhecimento dos agricultores locais. Foram, e ainda são, muitos erros e acertos no trato com a plantação, porém as descobertas diárias nos fazem ter certeza dessa decisão. Acreditamos que a vida deve ser longa mas também larga.”

Publicidade