Empório Eataly abre as portas para o mercado paulistano

É oficial, o empório italiano Eataly, que é sucesso em Nova York, vai abrir as portas aqui em São Paulo no dia 19 de maio.

Por João Junqueira, do blog Cozinha do João Atualizado em 20 jan 2017, 15h35 - Publicado em 13 Maio 2015, 17h08

A loja é inspirada no primeiro Eataly, em Turim, que foi aberta em 2007 pelo sócio fundador Oscar Farinetti. O empreendimento no Brasil é uma parceria entre o Eataly da Itália (do sócio Luca Baffigo, além do próprio Oscar), os americanos Mario Batali, Joe e Lidia Bastianich, os irmãos Adam e Alex Spader e o Grupo Brasileiro St Marche. A loja fica no número 1.489 da Avenida Presidente Juscelino Kubistchek.

Nos três pisos da loja de São Paulo, os visitantes podem saborear vários pratos e comprar muitos produtos, desde ingredientes para preparar massa em casa, até eletrodomésticos para a cozinha, bebidas e vinhos. No total, são sete restaurantes: Il Crudo, Le Verdure, La Piazza, La Carne, La Pasta e La Pizza. Cada um deles serve a sua especialidade, sempre acompanhado de um bom vinho ou uma cerveja, que é feita na casa. Há também um restaurante com bar no terraço, que é o Brace Bar e Griglia. Lá a experiência é mais completa e formal, é o restaurante mais sofisticado do empreendimento e o único que aceita reservas.

O espaço de 4,5 mil metros quadrados também conta com duas cafeterias, uma gelateria, uma pasticceria, uma chocolateria, um bar de sucos e frutas feitos na hora e um balcão de Nutella. É uma loucura para quem curte comer bem.

O Eataly São Paulo em números: são18 pontos de alimentação, 1 bar e restaurante, 22 departamentos de mercado, 7.000 produtos para comprar, 520 funcionários, 5 laboratórios de produção própria e 1 sala de aula.

No dia 12 de maio, fui para um Press Day, onde os sócios apresentaram o empreendimento para a imprensa. Conheci todos os restaurantes e provei cada uma das delícias. Vou te falar, a pizza é maravilhosa. Sem dúvida uma das mais gostosas que já provei. É ao estilo tradicional de Nápoles: massa grossa, molho de tomate e mussarela de búfala, que é feita na casa. Vão ter outros sabores também, claro. A pizza é feita em um lindo forno que foi inteiramente trazido da Itália. Aliás esta é uma questão interessante, quase 70% dos móveis foram trazidos da Itália. A massa caseira deles também não fica atrás não. O nhoque estava uma delícia. O sócio Victor Leal nos explicou todos os detalhes da nova loja. No final participei de um jantar no incrível Brace. E claro, não pude deixar de tietar o chef Mario Batali, que veio prestigiar seu novo empreendimento. Para mais sobre gastronomia, acessem meu blog  Cozinha do João.

Continua após a publicidade

Publicidade