Dicas para quem quer cultivar uma árvore natural de Natal

Especialistas em paisagismo explicam quais cuidados quem quer enfeitar uma árvore natural deve tomar

Por Da redação Atualizado em 14 dez 2016, 11h53 - Publicado em 18 dez 2014, 19h17
arvorenatal-01

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade

Quer enfeitar uma árvore para o Natal, mas fugir de um pinheiro de plástico? Uma árvore natural pode ser uma alternativa, mas exige uma série de cuidados. Na hora de comprar, é preciso se certificar que o produto é de qualidade e você não está levando gato por lebre: “a dica é, durante a compra, segurar o tronco da planta perto da terra. Se ela não vier na mão, é plantada e não é apenas um galho que irá secar depois de um tempo”.

Mas é preciso ter alguns cuidados com a espécie já em casa. Pinheiros são plantas que precisam tomar, no mínimo, 8h de sol diariamente e muitas pessoas se esquecem disso e deixam-nos em locais sombreados. “A ideia é colocar a planta perto de uma janela na época de Natal. No restante do ano, é melhor deixá-la em um ambiente externo, porque o pinheiro gosta luminosidade”, ensina Carol Costa, jornalista especializada em jardinagem e responsável pelo portal Minhas Plantas.

Alguns cuidados diários também são importantes. “No momento da rega, é importante deixar o solo úmido, mas nunca encharcado. Se a planta ficar perto de uma janela aberta, regue duas vezes por semanas. Se fica próximo a uma janela fechada, uma”, complementa Carol. Também é melhor regar bastante de uma vez do que colocar pouca água. “Para que a planta não morra, o solo precisa estar sempre bem drenado. Se for mudar de vaso, por exemplo, é necessário colocar areia, ou melhor, metade de areia e metade de terra, misturados. Também é bom colocar um pouco de adubo”, ensina Carol. 

Continua após a publicidade

Publicidade