Conheça a casa de uma chef de cozinha adepta do Slow Food

A ideia é que os princípios do Slow Living se espalhem pelo bairro e que nasça um sentimento comunitário entre todos. Conheça mais histórias de quem optou por viver com mais calma.

Por Reportagem Visual Zizi Carderari Texto Liane Alves Fotos Marco Antonio Atualizado em 19 jan 2017, 13h43 - Publicado em 1 dez 2010, 12h36

Para ela, não basta aplicar os princípios do Slow Living em sua vida. Chef de cozinha e proprietária do restaurante Zym, na Vila Ipojuca, em São Paulo, Cláudia Mattos viaja constantemente para participar de eventos e congressos patrocinados pelo movimento Slow Food ou pelo Transition Towns, uma rede de informações que procura sensibilizar centros urbanos em direção a uma vida mais sustentável. Além disso, dá aulas de culinária ao ar livre, no meio de uma horta orgânica, regada com água de chuva e adubada com terra de composteira.

Publicidade