Ar-condicionado se adapta aos desejos de cada um na sala

O sistema da Carlo Ratti Associati cria "bolhas de temperatura" com um aplicativo de smartphone conectado à ventilação -- e suas preferências te seguem pelos ambientes

Por Débora Fernandes Atualizado em 20 jan 2017, 15h49 - Publicado em 8 jun 2016, 19h19

Todos nós temos aquele amigo ou familiar friorento que, mesmo nos dias de calor mais escaldantes, reclama do ar condicionado ligado. A proposta da empresa de design Carlo Ratti Associati para a reforma de um prédio comercial em Torino, na Itália, pode ser uma das soluções a essa disputa árdua pelas temperaturas do ambiente.

 Carlo Ratti Associati ar-condicionado e aquecedor

A construção, antiga sede da Agnelli Foundation, será toda conectada por um sistema de gerenciamento predial digital — incluindo o  aquecedor e ar-condicionado. Quem estiver no prédio poderá usar um aplicativo para smartphone conectado às unidades de ventilação no teto para personalizar a temperatura local. O aplicativo não é um simples controle remoto – ele também ajuda na criação de “bolhas de temperatura”. Conforme as pessoas andam pelo escritório sensores interpretam sua localização e os aparelhos de ventilação mais próximos se ajustam automaticamente às condições preferidas, garantindo o máximo conforto!

 Carlo Ratti Associati ar-condicionado e aquecedor

Essa personalização é só uma das várias características que tornam o prédio completamente integrado à internet. Os sensores também percebem quando os ambientes estão ocupados ou não, colocando todos os aparelhos em stand-by (ou ligando-os). A intenção de Ratti é usar a conexão como uma formar de tornar esses espaços mais sociáveis, com conforto para todos, de maneira sustentável.

Continua após a publicidade

Publicidade