Casa Created with Sketch.

Aprenda a fazer uma horta com alimentos ideais para seu tipo sanguíneo

Saiba quais alimentos são mais favoráveis ao seu tipo sanguíneo e aprenda o passo a passo para criar uma horta orgânica em vasos. 

Você já quis ter uma horta em casa mas teve dúvidas sobre o que plantar? Para além dos tradicionais temperos para o dia a dia, a arquiteta, paisagista e terapeuta natural Claudia Dorneles propõe criar uma horta orgânica com os alimentos que mais combinam com seu tipo sanguíneo.

A ideia vem da Dieta do tipo sanguíneo, publicada pelo norte americano Peter D’Adamo na década de 90, mas que tem origem em conceitos antigos da alimetação natural. A dieta propõe que cada um dos tipos – O, A, B e AB – tem seus alimentos mais favoráveis, e portanto podem ser fartamente consumidos, e outros que devem ser evitados.

Portanto, antes de decidir o que plantar, confira os alimentos indicados para o seu tipo sanguíneo:

Tipo O

É o tipo mais adaptado às carnes vermelhas e ao exercício físico.

Prefira: alface, abóbora, acelga, brócolis, espinafre, salsa, batata-doce, couve, cebola, feijões azuqui e fradinho.

Modere: abobrinha, aipo, agrião, berinjela, alho, beterraba, tomate, rúcula, cenoura e soja.

Evite: alfafa, alho-poró, batata inglesa, berinjela, champignon, couve-flor, pepino, feijão mulatinho, milho e lentilha, além de vegetais muito canforados, como o alecrim. 

Tipo A

Tem aparelho digestivo sensível e deve priorizar os vegetais.

Prefira: abóbora, acelga, alface, aipo, brócolis, cenoura, couve, alcachofra, salsa, espinafre, feijões, azuqui e fradinho, lentilha e soja.

Modere: abobrinha, agrião, rúcula, broto, milho, beterraba, couve-flor.

Evite: repolho, tomate, inhame, batata de todos os tipos, repolho, berinjela, shiitake.

Tipo B

É o único tipo sanguíneo que aceita bem o leite e derivados.

Prefira: brócolis, beterraba, berinjela, cenoura, salsa, batata-doce, inhame, couve, repolho e feijões mulatinho e manteiga.

Modere: espinafre, abóbora, cebola, agrião, alface, acelga, aipo, batata-inglesa, vagem, feijão-branco e ervilha.

Evite: alcachofra, azeitona, tomate, milho, soja, grão-de-bico e feijões preto, fradinho e azuqui. 

Tipo AB

Biologicamente complexo, o tipo deve combinar as características de A e B.

Prefira: aipo, brócolis, couve, alho, couve-flor, salsa, inhame, pepino e soja.

Modere: agrião, abobrinha, acelga, escarola, alface, pepino, feijão-branco, vagem, tomate e leite de soja.

Evite: alcachofra, feijões azuqui, fradinho, preto e mulatinho, milho, pimentão, rabanete e grão-de-bico. 

As flores também são boas opções para as hortas de todos os tipos. Além de perfumar e embelezar o arranjo, há espécies comestíveis, como a rosa (Rosa rugosa ou Rosa galica officinalis), a maria-sem-vergonha (Impatiens wallerana), o capuchinho (Tropaelum majus) e o jasmim (Jasminum officinale). Ao plantar em casa, é indicado o consumo a partir da terceira floração. As pétalas podem ser usadas em chás, saladas e sobremesas. Mas atenção: pessoas com asma e rinite não devem consumi-las.

Depois de escolher as espécies ideais, aprenda como plantar uma pequena horta em vasos, ideal para quem mora em apartamento. Claudia ensinou o passo a passo durante curso oferecido na L’oeil, em São Paulo. Confira:

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s