Continua após publicidade

Alimentos de outono: 10 frutas e legumes saborosos e nutritivos

A nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau, elenca frutas e legumes que ajudam a cuidar do corpo na estação

Por Nádia Kaku
27 Maio 2024, 19h00

O outono marca o início da queda das temperaturas e o corpo muitas vezes já começa a sentir essa variação. Cuidar da alimentação e preparar o organismo para o clima mais friozinho ajuda a manter a imunidade em alta e a prevenir doenças. A nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau, elenca quais frutas e legumes devem ser consumidos na nova estação e os benefícios que trazem à saúde.

“Nesta época do ano, encontramos com mais facilidade alguns alimentos, que além de estarem mais saborosos, geralmente estão mais nutritivos, porque são produtos da safra”, explica a especialista. Ela faz uma lista de alguns itens que devem fazer parte das refeições para ajudar a manter a saúde em dia.

Caqui rama forte e fuyu

Caqui rama forte e fuyu
(Unsplash/Divulgação)

Boas fontes de vitamina C, betacaroteno e licopeno, antioxidantes que reforçam a imunidade, ajudam na saúde da pele, na cicatrização de feridas e na prevenção de doenças crônicas, como as do coração. “Esses alimentos são excelente opção para consumir nos intervalos das grandes refeições ou mesmo como sobremesas”, diz a nutricionista.

Uva moscato

Uva moscato
(Unsplash/Divulgação)

De sabor doce, fornece energia e tem fibras que ajudam no funcionamento do intestino, e uma boa quantidade de antioxidantes que ajudam a combater os radicais livres. “Ideal para consumo como sobremesas, saladas de frutas, em receitas ou mesmo entre as principais refeições”.

Kiwi amarelo

Kiwi amarelo
(Pixabay/Divulgação)

Mais doce do que o verde, agrada pelo sabor menos ácido e é excelente fonte de vitamina C. “Tem baixa caloria e pode ser consumido in natura, compondo saladas de frutas, em shakes ou picolés caseiros”.

Tangerina

Tangerina
(Pixabay/Divulgação)

Fornece boa quantidade de vitamina C e betacarotenos. “Uma fruta muito prática para consumo ao longo do dia, tem poucas calorias e uma quantidade excelente de fibras, ideal para quem precisa melhorar o trânsito intestinal”.

Abacate

Abacate
(Pixabay/Divulgação)

Fruta rica em gorduras boas, que ajudam na saciedade e no crescimento de boas bactérias no intestino. “Versátil, pode ser consumido em todas as refeições do dia, como no pão do café da manhã, no guacamole nas refeições principais, na forma de vitamina nos lanches”.

Continua após a publicidade

Pera Williams

Pera Williams
(Pixabay/Divulgação)

Pelo seu alto teor de fibras, ajuda na modulação do funcionamento do intestino. Também atua melhorando a saciedade, além de ser fonte de minerais como cálcio e potássio, importantes para a saúde dos músculos. “Fruta muito prática, que pode ser levada na bolsa e consumida como lanche”.

Mandioquinha ou batata baroa

Mandioquinha ou batata baroa
(Unsplash/Divulgação)

Raiz que fornece grande quantidade de energia na forma de carboidratos. “Pode ser consumida nas principais refeições, inclusive em substituição ao arroz”.

Continua após a publicidade

Tomate grape

Tomate grape
(Pixabay/Divulgação)

Ótima fonte de licopeno, antioxidante associado à prevenção de doenças do coração e do câncer de próstata. “Ótimo para consumo como saladas, assado com legumes e na forma de molhos, lembrando que sempre que o tomate é aquecido, nosso corpo aproveita ainda mais o licopeno contido em sua polpa”.

Catalônia

catalonia
(Harry Rose/Flickr/Creative Commons/Divulgação)

Uma folha pouco consumida, é rica em inulina, uma fibra que tem ação prebiótica e atua diretamente na saúde do intestino. Possui vitamina A e ferro, que previnem anemias e ajudam na renovação celular. “A forma mais comum de consumo é crua, em salada”.

Continua após a publicidade

Rabanete

Rabanete
(Unsplash/Divulgação)

Vegetal rico em fibras, que ajudam na saciedade e na boa digestibilidade. Tem propriedades diuréticas, o que ajuda a evitar retenção de líquidos e prevenir infecções urinárias. “É consumido principalmente na salada, ralado ou fatiado, e possui sabor levemente apimentado”.

Publicidade