Casa Created with Sketch.

As cerâmicas de Francisco Brennand eternizam a arte pernambucana

Francisco Brennand veio a falecer hoje (19 de dezembro de 2019), aos 92 anos, devido a uma complicação do trato respiratório

Francisco Brennand

Francisco Brennand (Reprodução/Casa.com.br)

A história do nordeste brasileiro foi fortemente marcada pela chegada da Família Brennand, que deixou um legado histórico e artístico de suma importância. Especialmente em Pernambuco. Um desses personagens principais da história cultural do Estado foi Francisco Brennand, que veio a falecer hoje (19 de dezembro de 2019), aos 92 anos, devido a uma complicação do trato respiratório.

Resumindo, Francisco Brennand nasceu em meio à cerâmica, nas terras do antigo Engenho São João, a primeira fábrica da família – a Cerâmica São João, em 1927.

Muralha Mãe Terra – Oficina Brennand.

Muralha Mãe Terra – Oficina Brennand. (Dave Lonsdale/Flickr)

Já no ensino médio, Francisco mostrou seu interesse pela literatura e pela arte. Mas foi em 1948, na França, que o escultor se deparou com uma exposição de cerâmicas de Picasso, e o “match” com a arte e técnica aconteceu.

Painel de Francisco Brennand no exterior do icônico edifício sede da Bacardi, em Miami, Estados Unidos.

Painel de Francisco Brennand no exterior do icônico edifício sede da Bacardi, em Miami, Estados Unidos. (Reprodução/Casa.com.br)

Após esse período na Europa, em 1952, Brennand decidiu aprofundar-se no conhecimento das técnicas da cerâmica, iniciando estágio em uma fábrica de majólicas na cidade de Deruta, na província de Perúgia, Itália. Após retornar a terras brazucas, realiza seu primeiro grande painel na fachada da fábrica de azulejos da família e, após isso, em 1958, inaugura um mural cerâmico na entrada do Aeroporto Internacional dos Guararapes, no Recife.  E aí não parou mais.

“Os Comediantes” – Oficina Brennand.

“Os Comediantes” – Oficina Brennand. (Dave Lonsdale/Flickr)

O artista reúne cerca de 80 obras entre murais, painéis e esculturas exibidas em prédios públicos e edifícios particulares espalhados na cidade do Recife, e em outras cidades do Brasil e do mundo, como o mural cerâmico da sede da Bacardi em Miami, com 656 metros quadrados.

Torre de Cristal – Parque das Esculturas Francisco Brennand.

Torre de Cristal – Parque das Esculturas Francisco Brennand. (A. Júnior/Flickr)

É também de sua autoria as 90 obras expostas no monumental “Parque das Esculturas”, construído no ano 2000, sobre um arrecife natural localizado em frente ao Marco Zero, em comemoração aos 500 anos do Descobrimento do Brasil, que se tornou importante ponto turístico da cidade do Recife.

Templo Central – Oficina Brennand.

Templo Central – Oficina Brennand. (Valdiney Pimenta/Flickr)

Além disso tudo, a antiga fábrica da família, cercada por jardins de Burle Marx, transformou-se em museu-ateliê do artista, reunindo mais de 2 mil obras de cerâmica, grande parte dispostas a céu aberto.

O artista pernambucano deixa um legado único, rico e de grande valor para o Estado, fazendo parte da história e construção da capital do frevo. Fica aqui a nossa homenagem a Francisco e consolo para toda a família.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s