Casa Created with Sketch.

Listras de madeira detalham e harmonizam casa no Uruguai

Intercalando pinho e Massaranduba, o projeto criou um contraste de tons e deixou a casa elegante e harmônica

 (Fernando Schapochnik/Divulgação)

Uma passarela de vidro e um terraço conectam as duas metades desta casa escura, perto da praia de La Juanita, no Uruguai. Projetada pelo FRAM Arquitectos e Delfina Riverti, a morada foi construída quase que exclusivamente com madeira.

Dois volumes de madeira com telhados inclinados compõem a estrutura da construção, onde são usados diferentes variedades e tratamentos do material, assim como fazem as paredes, revestimentos e acabamentos interiores.

A equipe emparelhou o pinheiro pálido, uma madeira macia e barata, com Massaranduba, uma espécie nativa da América do Sul.

A equipe emparelhou o pinheiro pálido, uma madeira macia e barata, com Massaranduba, uma espécie nativa da América do Sul. (Fernando Schapochnik/Divulgação)

Pranchas horizontais e escuras envolvem a casa e são mantidas no lugar com elementos verticais levemente mais claros, que se alinham com a estrutura do edifício, trazendo elegância à estética.

“Desta forma, a linguagem externa incorpora a expressão direta da modulação construtiva e material”, diz o escritório FRAM Arquitectos.

 (Fernando Schapochnik/Divulgação)

As tábuas de pinho são manchadas de óleo a um tom escuro, o que contrasta com a cor natural da madeira tropical. As tiras de Massaranduba também foram tratadas com óleo, mas mantiveram sua sombra natural.

“Nenhum tratamento foi feito, de modo que essas partes envelhecem com o tempo e se tornam cinza, diferenciando-as dos dois volumes pretos”, disse o arquiteto Franco Riccheri, do FRAM Arquitectos.

 (Fernando Schapochnik/Divulgação)

O pinho também foi usado nos acabamentos interiores, onde o material foi esbranquiçado para preservá-lo e clarear os espaços sociais do morador. O décor dos ambientes, por sua vez, buscou ser vivo e minimalista, com alguns toques de cor trazidos pelos móveis e pertences do ocupante.

Confira na galeria abaixo outras fotos da casa:

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s