Casa Created with Sketch.

Estrutura de casa em Cabreúva é 100% composta por metal

O projeto BT House, pelo Taguá Arquitetura, trouxe conceito industrial, integração e amplitude para a casa do interior

 (Leonardo Giantomasi/Divulgação)

Nesta casa de 530 m², em Cabreúva (SP), o escritório Taguá Arquitetura procurou deixar os espaços integrados e amplos, com uma área de lazer generosa, voltada à piscina.

Já que os moradores buscavam uma obra rápida e limpa, optou-se pelo uso de uma estrutura metálica. A BT House, como é chamada, é inteiramente composta por pilares e vigas metálicos e laje de piso de steel deck.

 (Leonardo Giantomasi/Divulgação)

O uso destas estruturas possibilitou a obtenção de um grande vão livre com pé direito duplo na área social, com 14 m de comprimento, e a passarela de ligação entre as áreas íntimas, que conecta a escada com os dormitórios.

 (Leonardo Giantomasi/Divulgação)

A disposição do terreno (em esquina) definiu a setorização e volumetria do projeto, pensado como uma planta em L. Dessa forma, todos os ambientes sociais e mesmo os quartos do pavimento superior ficam voltados à piscina e ao jardim.

Do jeito que foi planejado, o espaço promove uma integração visual e espacial, formando um espaço fluído e contínuo.

 (Leonardo Giantomasi/Divulgação)

No interior, foi escolhido o estilo industrial para o décor, que uniu o útil ao agradável: eliminou custos extras e deixou a estética estilosa e modernaAlém da estrutura metálica aparente por toda a casa, há, na área de lazer, piso de concreto polido e bancadas de cimento queimado moldadas em concreto.

 (Leonardo Giantomasi/Divulgação)

Um dos destaques do projeto é a escada de degraus atirantados, que conta com duas lareiras a álcool sob si. Seus dois primeiros degraus são de concreto, cuja extensão se torna a bancada que abriga as lareiras e serve também como banco para apoiar a decoração.

Na face noroeste da casa, foi criada uma cortina de vidros especiais, capazes de bloquear em 70% os raios UV. Além deles, os quadros de PVC proporcionam um desempenho termoacústico superior aos demais materiais. Assim, a entrada de luz natural é generosa, mas o máximo de calor é dissipado.

 (Leonardo Giantomasi/Divulgação)

Confira em nossa galeria mais fotos da BT House:

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s