Casa Created with Sketch.

Como aplicar a tendência high low na decoração da casa

O conceito, que alinha destaque no estilo e economia no orçamento, também pode ser inserido no décor. Confira como abaixo!

Projeto de Marina e Fernanda Dubal.

Projeto de Marina e Fernanda Dubal. (Gustavo Xavier/Divulgação)

Alçada ao conhecimento público pela turma da moda nos anos 1990, a tendência high low nada mais é que a mistura de marcas ou produtos de um valor mais alto com acessórios cuja criatividade – e muitas vezes o afeto – é a principal característica.

Presente também na mescla entre estilos e mobiliário, o conceito propõe combinações que trazem estética à casa e economia ao bolso do cliente. Para os arquitetos Roberta Feijó e Antônio Medeiros, do Studio Vert, o high low faz parte da atuação do escritório.

“Auxiliar o cliente a investir naquilo que realmente é prioridade e faz mais sentido ao projeto. Durante a obra, tentamos aproveitar itens já existentes e entregues pelas construtoras”, dizem.

“Já no mobiliário, achamos importante os objetos de acervo pessoal que tragam história e afeto. Buscamos sempre itens com bom custo-benefício, dosando preço, qualidade e durabilidade”, revela a dupla, confirmando que ao desenvolver o projeto eles pensam em uma planta mais limpa para destacar os espaços principais e conciliar um toque de ousadia com atemporalidade.

Acostumados a criar a partir dessa premissa, os arquitetos reuniram algumas dicas práticas para não errar na hora da aplicação do conceito. Confira abaixo!

Banheiros

Projeto da arquiteta Vinicia Brandão.

Projeto da arquiteta Vinicia Brandão. (Alessandro Guimarães/Divulgação)

Preserve a maior parte dos itens e revestimentos entregues pela construtora e valorize a parede principal com novo acabamento mais personalizado.

Elementos ressignificados

 (Divulgação/Casa.com.br)

Traga elementos usados na rua para o décor ou use móveis de forma diferente da habitual. Vale utilizar, por exemplo, uma cadeira ou um pufe que se transformam em mesa de apoio à lateral, tanto no quarto quanto na sala.

Madeira x pintura

 (Divulgação/Casa.com.br)

Reduza os painéis de marcenaria, substituindo-os com pinturas de diferentes formas e aplicação. Os efeitos são surpreendentes!

Garimpo familiar

 (Divulgação/Casa.com.br)

Selecione objetos e móveis de família e traga um pouco de memória afetiva ao lar. Misture também peças de diferentes épocas e origens, como o contemporâneo e clássico – sempre certeiros!

Home centers

Gaste um bom tempo procurando itens de decoração em home centers ou feirinhas de artesanato. Depois, misture com peças de design e forme combinações cheias de estilo.

Urban jungle

 (Divulgação/Casa.com.br)

Plantas das mais diversas conferem mais frescor a sua residência. Além de colocarem a natureza dentro de casa, as plantas e flores são acessíveis e podem ser encontradas até mesmo em supermercados.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s