Casa Created with Sketch.

A última obra de Oscar Niemeyer está quase completa

Projetada pelo ilustre arquiteto para o Techne Sphere Leipzig, a Esfera de Niemeyer é desenvolvida com 12 metros de diâmetro

A “Esfera de Niemeyer” ficará completa no segundo semestre de 2020 – oito anos após a morte do ilustre arquiteto.

A “Esfera de Niemeyer” ficará completa no segundo semestre de 2020 – oito anos após a morte do ilustre arquiteto. (Techne Sphere Leipzig/Divulgação)

O arquiteto Oscar Niemeyer trabalhou até a sua morte, em 2012, aos impressionantes 104 anos. Um de seus últimos projetos, uma esfera de 12 metros de diâmetro na esquina de um prédio de tijolos vermelhos do século XIX em Leipzig (Alemanha), espera ser concluído postumamente na primavera do próximo ano.

O design é baseado em um esboço desenhado por Niemeyer em 2011 – um ano antes de sua morte –, enquanto os demais detalhes foram fornecidos por Jair Velara, gerente de escritório do estúdio Oscar Niemeyer.

 (Divulgação/Casa.com.br)

A obra, oficialmente denominada Niemeyer Esphere (“Esfera Niemeyer”, em português), fica no centro do campus do Techne Sphere Leipzig e funcionará como cafeteria, bar e lounge para os funcionários do local.

Maquete da construção.

Maquete da construção. (Divulgação/Casa.com.br)

Visto como uma oportunidade de demonstrar uma fabricação através de métodos notáveis, o projeto contou com 50 moldes de madeira criados à mão para construir a concha de concreto da esfera, enquanto um inovador vidro de cristal líquido foi desenvolvido em 2018 especificamente para reduzir o brilho solar dentro do edifício.

O casco de concreto foi desenvolvido usando cinquenta moldes artesanais de madeira.

O casco de concreto foi desenvolvido usando cinquenta moldes artesanais de madeira. (Techne Sphere Leipzig/Divulgação)

Foi este mesmo vidro, porém, que atrasou a construção. Iniciadas em 2017 com data de conclusão prevista para 2018, as obras foram interrompidas por um ano enquanto a equipe aguardava a fabricação do material fora do local.

Agora, com a construção retomada, prevê-se que tudo estará pronto no primeiro semestre de 2020.

 (Divulgação/Casa.com.br)

Ludwig Koehne, o proprietário do campus, contratou Niemeyer com base na abertura de seus projetos anteriores. “Quanto mais paredes você tiver, menos progresso poderá fazer como empresa”, acredita Koene.

“É preciso ter contato com outras pessoas. O pavilhão de Niemeyer é uma maneira altamente original de atrair essas pessoas”, diz ele.

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s