A Bienal de Veneza volta atrás e muda data por conta do Coronavírus

O evento tem previsão para ocorrer entre os dias 29 de agosto e 29 de novembro

Por Ana Carolina Harada Atualizado em 19 mar 2020, 15h50 - Publicado em 5 mar 2020, 15h25
Tony Hisgett/Casa.com.br

O cenário está longe de promissor para os grandes eventos internacionais. Por causa do surto de Coronavírus, o governo japonês cogita adiar as Olimpíadas de Tokyo e o tradicional Salão do Móvel de Milão foi reagendado para junho.

***Atualizando!***

Nesta semana, havíamos noticiado que a Bienal de Arquitetura de Veneza manteria sua data de abertura para 23 de maio. Porém, o evento voltou atrás e adiou para 29 de agosto. A mudança foi anunciada hoje.

Reprodução/Casa.com.br

O número de casos confirmados do Coronavírus na Itália já ultrapassa os 2.000, sendo que a maioria se concentra na região de Veneto, da qual Veneza é a capital.

Reprodução/Casa.com.br
Continua após a publicidade

A Bienal manterá sua data de encerramento, no dia 29 de novembro de 2020. A organização afirmou que: “uma vez que o evento envolveria arquitetos e instituições de mais de 60 países, não poderia acontecer”.

Reprodução/Casa.com.br

Em comunicado anterior, foi revelado o tema dos trabalhos: Como vamos viver juntos?. O curador, Hashim Sarkis, explicou a importância desse questionamento para a arquitetura contemporânea. “Precisamos de um novo contrato espacial. No contexto de amplas divisões políticas e crescentes desigualdades econômicas, pedimos aos arquitetos que imaginem espaços nos quais possamos viver generosamente juntos”.

Reprodução/Casa.com.br

A Bienal contará com 114 participantes, vindos de 46 países. Espera-se um público de aproximadamente 250 mil visitantes, mesmo com a epidemia.

Continua após a publicidade

Publicidade