Trio espanhol conquista o Pritzker 2017

Rafael Aranda, Carme Pigem e Ramon Vilalta são os vencedores do mais importante prêmio da arquitetura mundial

Por Por Marília Medrado (texto) Atualizado em 9 set 2021, 13h18 - Publicado em 1 mar 2017, 15h35

Os catalães Rafael Aranda, Carme Pigem e Ramon Vilalta, do estúdio RCR Arquitectes, receberam a honraria que todo arquiteto deseja, o Prêmio Pritzker.

Originários de Olot, na Catalunha, os três arquitetos trabalham juntos desde 1998, quando fundaram o escritório na cidade natal.

Soulages Museum, 2014, Rodez, França, em colaboração com G. Trégouët. (Foto: Hisao Suzuki/ Divulgação)

“O trabalho deles demonstra comprometimento com o lugar e sua narrativa para criar espaços que dialogam com seus respectivos contextos”, afirmou o júri em nota.

Bell–Lloc Winery, 2007, Palamós, Girona, Espanha. (Foto: Hisao Suzuki/ Divulgação)

Continua após a publicidade

“Harmonizando materialidade e transparência, Aranda, Pigem e Vilaltam procuram conexões entre interior e exterior, resultando em uma arquitetura emocional e empírica”, completou.

La Lira Theater Public Open Space, 2011, Ripoll, Girona, Espanha, em colaboração com J. Puigcorbé. (Foto: Hisao Suzuki/ Divulgação)

É a primeira vez na história do Pritzker, criado em 1979, que três arquitetos são consagrados em um mesmo ano.

Biblioteca Sant Antoni – Joan Oliver, Centro de Idosos e Jardins Cándida Pérez, 2007, Barcelona, Espanha. (Foto: Eugeni Pons/ Divulgação)

Continua após a publicidade

Publicidade