Residência em Miami parece flutuar sobre o terreno

A casa está orientada de forma a captar o máximo de luz solar

Por Por Silvia Gomez Atualizado em 9 set 2021, 13h53 - Publicado em 7 dez 2016, 13h44

Um elemento ao mesmo tempo escultural, funcional e de sustentação atravessa em espiral o centro da residência de 540 m² desenhada pelo escritório americano Studio Christian Wassmann. É ele que parece apoiar a caixa de vidro flutuante, onde estão os ambientes íntimos, como quarto e banheiro. “Conceitualmente, essa curvatura é como a espinha dorsal da construção e seu traçado foi baseado no caminho percorrido pelo sol no terreno”, explica o arquiteto e autor da obra, Christian Wassmann. A escada termina num grande e livre terraço, no topo. “É o coração do conjunto, atuando como solário.”

Plantas emolduram as janelas, o que faz lembrar o visual de uma casa na árvore, apesar da estrutura brutalista de concreto. “O projeto é obviamente inspirado na arquitetura modernista brasileira”, complementa Christian.

A trepadeira videira se multiplica na trama externa de alumínio de grau adequado à exposição marítima, resistente ao tempo, filtrando o sol. (Foto: Lukas Wassmann/Divulgação)

O paredão curvo conduz os raios do Sol no verão e bloqueia o vento vindo do terraço, o que produz uma atmosfera suave no interior. (Foto: Lukas Wassmann/Divulgação)

Continua após a publicidade

A madeira se contrapõe ao concreto, revestindo piso e forro do interior com tábuas de nogueira e de ipê. (Foto: Lukas Wassmann/Divulgação)

O andar do meio tem um banheiro sem barreiras à vista, de onde se pode olhar a paisagem. (Foto: Lukas Wassmann/Divulgação)

O grande volume superior forja uma área coberta embaixo, que funciona como ambiente de refeições. (Foto: Lukas Wassmann/Divulgação)

Continua após a publicidade

Publicidade