Pura inspiração: tatame e almofadas criaram cantinho de relax

Este ambiente em São Paulo foi planejado para exercícios e meditação

Por Dan Brunini Atualizado em 9 set 2021, 11h37 - Publicado em 22 fev 2018, 13h00

A casa projetada pelo escritório Reinach Mendonça já estava construída quando o casal de proprietários encomendou à arquiteta Alessandra Riera e à designer de interiores Ana Veirano, da RAP Arquitetura, a decoração do interior. A escolha de acabamentos, marcenaria, móveis e detalhes incluiu também esta sala de 25 m² localizada no segundo andar. “Encontramos o lugar somente com piso de madeira e tínhamos que transformá-lo em algo exclusivo para os momentos de massagem e meditação”, explica Alessandra. A madeira entrou no acolhedor painel em formato de L, com medida de 2,42 x 8,45 m. “Elegemos o carvalho por sua tonalidade clara e seu visual leve”, justifica Ana Veirano. Afastado da parede, ele abre lugar para a iluminação indireta de led que acompanha o L e fica direcionada para o teto. Como suporte para o apoio de cremes, óleos, velas e toalhas, aparece o nicho de limestone golden oásis. Rente ao chão, o tablado de carvalho recebe o tatame com tecido de algodão. A corda presa num gancho metálico, usada nos alongamentos e como apoio na hora da massagem, arremata o conjunto.

Leia também: Tecidos de ioga são parte da decoração desta casa

 

PAREDÃO

Com 25 cm de profundidade, o painel de carvalho (Moichi Ono Marcenaria) fica afastado da parede e acomoda a iluminação indireta de led (luminotécnica da Foco Luz & Desenho).

APOIO 

Superútil para organizar os acessórios, o nicho de limestone golden oásis (Marmoraria Pantanal) mede 0,23 x 5,21 m, com 0,42 m de profundidade.

BEM FIRME

Não bastava fixar o gancho de sustentação da corda no forro de gesso. Por segurança, ele se prende a um tubo metálico chumbado diretamente na laje.

Continua após a publicidade

Publicidade