Casa móvel: com 26 m², ela pode ser levada para qualquer lugar

Esqueça a ideia de uma construção como algo fixo, imutável. Produzido na Estônia, este projeto dispensa fundações

Por Silvia Gomez Atualizado em 9 set 2021, 11h41 - Publicado em 16 fev 2018, 10h00

Mais ou menos como um eletrodoméstico sendo entregue, a casa Koda – quase pronta – chega num trailer. A preparação do terreno é mínima: bastam uma base nivelada, acesso a um guindaste e pontos de conexão de água, esgoto e eletricidade. Em um dia, está feito, como promete a empresa Kodasema, fábrica situada no município rural de Harku, na Estônia. Há diferentes modelos pré-fabricados (da versão moradia ao módulo-escritório), todos fechados com painéis de 60 mm de um concreto especial, impermeável. O residencial, por cerca de € 90 000, inclui área livre de estar, espaço para dormir, banheiro e um terraço de 3,5 m² (a cozinha é opcional). Além do concreto e do vidro em panos de quatro camadas da fachada, a estrutura, pensada para locais de clima frio, combina placas isolantes de madeira com enchimento térmico (poliuretano) no interior, vedação que cria um ambiente quente e acolhedor. Placas solares dão conta da produção de energia. Os níveis internos adequados de CO2 e a umidade são mantidos com a ajuda de um sistema de ventilação inteligente, com aberturas superiores camufladas que reagem de acordo com as diferentes situações. Se der vontade de mudar a paisagem, dá para desmontar tudo e refazer em outro endereço.

Por dentro: embaixo, o espaço de 16 m² com pé-direito de 3,5 m é livre: monta-se a sala de estar à frente dos painéis de vidro, olhando a paisagem, e a cozinha ao fundo, mais o banheiro escondido na lateral. Em cima, um mezanino de 5 m² recebe a cama.

Por fora: a estrutura é um sanduíche: finos painéis de concreto no exterior e placas insuladas de madeira no interior, combinação resistente e ao mesmo tempo termicamente estável, totalizando paredes de apenas 17,8 cm de espessura.

Publicidade