Bienal de Arquitetura de Chicago anuncia os co-curadores da edição de 2019

Entre os nomeados está um arquiteto brasileiro

Por Redação Atualizado em 9 set 2021, 10h58 - Publicado em 17 Maio 2018, 17h00

Os nomes apontados pela Bienal de Arquitetura de Chicago são o da curadora e educadora Sepake Angiama e o arquiteto e urbanista brasileiro Paulo Tavares. Ambos vão liderar a curadoria da edição de 2019 do evento, ao lado do diretor artístico Yesomi Umolu, contribuindo com expertise em pesquisas sobre arquitetura e práticas discursivas.

“Estou emocionado pela escolha de Sepake Angiama e Paulo Tavares para se juntarem a mim na direção de curadoria da Bienal de Arquitetura de Chicago de 2019. Sepake e Paulo são conhecidos por suas contribuições em seus respectivos campos de atuação. Eles ampliarão o leque de ideias e práticas na bienal e serão indispensáveis para nos ajudar a desenvolver plataformas para edução e engajamento.” afirmou Yesomi Umolu.

Agiama atua na Europa, onde seu trabalho explora como espaços sociais podem ser desconstruídos e provocados pela edução, performance e design.

Sepake Angiama Gia Folly/Divulgação

 

Tavares é professor na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo na Universidade de Brasília (UNB).

Paulo Tavares Gabriel Ribeiro/Divulgação
Continua após a publicidade

Publicidade