Andar de baixo de dúplex italiano é dedicado ao lazer

Intimista, o espaço de 60 m² brinca com o jogo de cores

Por Por Silvia Gomez Atualizado em 9 set 2021, 13h47 - Publicado em 21 dez 2016, 14h48

Com 110 m², o primeiro piso do apartamento em Nerviano, cidadezinha perto de Milão, na Itália, não foge à regra de uma casa normal, com sua distribuição esperada entre salas, cozinha e quartos. Mas a escada numa das laterais mostra o caminho para o andar inferior, onde um jogo de cores indica outros usos.

A iluminação intensifica o tom rosado da placa de vidro instalada como proteção da escada. “Em nossas obras, costumamos explorar cores e contrastes”, fala Gabriele. (Foto: Marcello Mariana/ Divulgação)

Um sofá generoso define o trecho dedicado ao home theater. Ao fundo, você vê a escada que leva ao térreo: o visual leve vem dos degraus de madeira em balanço. (Foto: Marcello Mariana/ Divulgação)

Continua após a publicidade

“É como se o projeto tivesse duas almas: um térreo claro e aberto e um subsolo intimista e escuro, pensado como uma grande área para o relax”, explica o arquiteto Gabriele Buratti, sócio de Oscar Buratti no escritório Buratti Architetti, autor da proposta. Nos 60 m² do nível de baixo, vale fazer sessão de cinema usando o projetor, ler um livro ou aproveitar a pequena piscina aquecida. Paredes, teto e piso adquirem ar dramático com o revestimento de resina que imita concreto.

Tábuas de carvalho acinzentado cobrem o piso do primeiro andar, cujo ambiente social surge unido à cozinha, que tem armários e bancada de aço inox. (Foto: Marcello Mariana/ Divulgação)

Quase não há paredes no térreo: o limite entre os ambientes é dado por painéis móveis laqueados, como este do quarto. (Foto: Marcello Mariana/ Divulgação)

Continua após a publicidade

Publicidade