Telhado cinza de prédio vira solário com chuveirão e plantas

O telhado deste apartamento do último andar de um prédio em São Paulo estava abandonado. Após uma infiltração, a laje se transformou numa aconchegante área de lazer

Por Texto Marcio Furuno | Reportagem Visual Angela Caçapava | Fotos Carlos Piratininga Atualizado em 14 dez 2016, 12h59 - Publicado em 31 out 2013, 21h08
abre-telhado-cinza-de-predio-vira-solario-com-chuveirao-e-plantas

O telhado de fibrocimento não cumpria mais a função de proteger contra a chuva: o teto do cômodo logo abaixo já dava mostra de infiltração. A arquiteta e moradora Josanda Ferreira resolveu radicalizar: “Tiramos as telhas, fizemos o contrapiso e impermeabilizamos”, conta. Mais que solucionar o problema de umidade, a obra, executada um ano atrás, permitiu que seu apartamento, no último andar, finalmente usufruísse da área aberta de 40 m² a que tem direito. Pelas normas da prefeitura, Josanda só não podia cobrir nenhuma parte do terraço, o que aumentaria a metragem construída. Do ponto de vista da segurança, também havia sinal verde: um engenheiro atestou que as mudanças pretendidas (colocação de deque de madeira, móveis, vasos e chuveirão) não requeriam reforço estrutural. Agora, uma escada, vinda da sala de TV, dá acesso ao novo ambiente, feito para receber e – por que não? – impressionar as visitas.

*largura x profundidade x altura. 

Ppreços pesquisados em 2 e 3 de outubro de 2013, sujeitos a alteração

Continua após a publicidade

Publicidade