Casa Created with Sketch.

Madeira, flores, e peças de antiquário deixam fachada super charmosa

"Acredita que as pessoas tocam a campainha para perguntar sobre algumas peças?”, diverte-se Luis Augusto, morador desta simpática casinha em Pelotas.

perfil-madeira-flores-e-pecas-de-antiquario-deixam-fachada-super-charmosa

 (/)

Quem olha não imagina que esta casa encantadora seja uma anciã de quase 80 anos, lar do representante comercial Luis Augusto Martins e da esposa, a professora Patrícia, há mais de 30. “Aqui, criamos nossos filhos, Luísa e João, então temos um caso de amor com o espaço”, conta o pai. Há um ano, o casal, que sempre dispensou toda atenção ao interior da morada, decidiu colocar para fora o mesmo esmero, valorizando a fachada. Os novos ares, que chamam a atenção de quem passa na rua, vieram com uma cobertura de madeira, muitas flores, um banho de azul na parede e adornos recolhidos em antiquários e viagens ao longo da vida. “Acredita que as pessoas tocam a campainha para perguntar sobre algumas peças?”, diverte-se Luis Augusto. E ele garante que tudo ainda pode mudar: “Por onde andamos, caçamos mais e mais itens. Bom mesmo é ter a ambientação sempre se renovando”.

01-madeira-flores-e-pecas-de-antiquario-deixam-fachada-super-charmosa

 (/)

Decoração afetiva: cada cantinho tem uma história para contar

– O ponto de partida da reforma foi a construção de um alpendre, que protege a fachada da chuva. o uso da estrutura de madeira de demolição pesou menos na consciência e no bolso. “A cobertura ficará ainda mais bela quando a trepadeira lágrima-de-cristo tomar os pilares”, afirma Luis Augusto. Plantas, aliás, não faltam por aqui. Vasos de todos os tamanhos abrigam as flores coloridas preferidas do casal, como o crisântemo, a maria-sem-vergonha, o amor-perfeito e forrações variadas.

–  O segundo passo foi a escolha da tinta de parede, que substituiu o velho ocre. Foram necessários diversos testes até a família se encantar com este tom de azul. “Além de levantar o astral, a cor contrasta com o paisagismo, dando mais leveza ao estilo rústico que priorizamos”, justifica o morador.

–  E como rusticidade e garimpo têm tudo a ver, sobre a mesinha arrematada em um antiquário exibem-se outras relíquias: bules, uma tina de madeira usada para a colheita de uvas na serra gaúcha e um conjunto de recipientes cerâmicos. Destacam-se também a gaiola (apenas decorativa!), os lampiões e o arranjo de grades vindas de ferro-velho. “Só a última removi de uma porta largada em uma caçamba”, revela.

–  Manter o piso de basalto irregular da garagem foi questão de economia, mas um toque de Midas mudou a cara do hall: um tapete de ladrilhos hidráulicos no primeiro patamar da escada, com peças escolhidas a dedo.

–  Ao redor da janela, os tijolos também ganharam o direito de ficar – um verniz devolveu o brilho perdido.

–  E não é que, no fim, a garagem se tornou um espaço tão querido a ponto de vetar a entrada do carro? “Como o veículo é grande, ele fica em um estacionamento perto de casa. Aqui, só há lugar para a charmosa bicicleta”, derrete-se o morador.

02-madeira-flores-e-pecas-de-antiquario-deixam-fachada-super-charmosa

 (/)

– Alpendre: estrutura de madeira grápia (R$ 2 000) e 1200 telhas coloniais (R$ 840). Brick Quebra-Galho. Instalação, R$ 3000.

–  Vasos: dois grandes, de R$ 40 e R$ 60, e oito pequenos, de R$ 8 cada. Armazém de Plantas.

–  Tinta azul: acrílica semibrilho Arlequim (ref. 50BB 27/232), da Coral. Aquarela Tintas, R$ 82 (galão de 3,6 litros).

–  Antiquário: mesa de madeira (R$ 200) e três lampiões (R$ 80 cada). Brick Quebra-Galho.

–  Ladrilho hidráulico: mix de 70 peças de 20 x 20 cm. Fábrica de Mosaicos, R$ 360.

–  Verniz acrílico: brilhante, da Suvinil. C&C , R$ 89,90 o galão de 3,6 litros.

– Paletes: duas peças de 1 x 1,20 m, reformadas. Lauro Karlott, R$ 15 cada.

–  Mão de obra: assentamento dos ladrilhos e pintura. Adão Fernandes, R$ 3500.

03-madeira-flores-e-pecas-de-antiquario-deixam-fachada-super-charmosa

 (/)

Preços pesquisados entre 12 e 13 de março de 2014, sujeitos a alteração.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s