Jardim exuberante forma um oásis na cobertura

Caminhos de pedra e deques de madeira sugerem o percurso entre os cachepôs deste jardim de 50 m²

Por Por Deborah Apsan e Marianne Wenzel | Fotos: Renato Elkis/Ilustração: Greg Atualizado em 19 jan 2017, 13h35 - Publicado em 18 jun 2009, 00h29

No andar de cima deste dúplex, uma sala íntima e um quarto se abrem para generosa área externa de 50 m². “Propus transformá-la num jardim privativo, com variedade de texturas, cheiros e formas”, diz o paisagista Alex Hanazaki, de São Paulo. Para isso, as floreiras tiveram um papel fundamental. “Primeiro, defini o lugar e o tamanho de cada uma, respeitando a proporção do espaço. Depois, escolhi as espécies para preenchê-las”, explica Alex. O recurso possibilitou o plantio de árvores de médio porte, como o resedá – que precisa de, ao menos, 60 cm de terra para crescer. “Os 30 cm de terra disponíveis sobre a laje são suficientes apenas para grama ou pequenas forrações”, observa.

Publicidade