Fonte de inspiração no dia-a-dia

Para o arquiteto Hélio Pellegrino, e sua mulher, Carina Becker, um dia perfeito começa na cozinha.

Por Da redação Atualizado em 20 dez 2016, 20h22 - Publicado em 17 jan 2007, 12h34

“Quando ela é aconchegante e perfumada, como a nossa, nutre corpo e alma”, diz ele. Há dois anos, o casal segue uma dieta baseada em vegetais crus e sementes germinadas “Uma alimentação viva”, define Hélio

No piso de cimento queimado, Hélio fez um mosaico com sobras de granito, má...

Nesta cozinha, quase tudo é reciclado. Criações artesanais convivem com peças antigas e materiais de demolição. As paredes têm tijolos que um dia revestiram uma fábrica de cerâmica.

Cada peça conta uma história

No parapeito da janela, potes de porcelana exibem sementes imersas em água. “Estão germinando para ampliar seu valor nutritivo”, explica Hélio Pellegrino. Com uma alimentação baseada em vegetais crus e grãos germinados, o arquiteto mineiro radicado no Rio de Janeiro faz de sua cozinha uma fonte de inspiração. “A vida pulsa a partir daqui”, diz ele. Em oposição à moda, que dita revestimentos frios e assépticos, Hélio abusa de materiais de demolição, tijolo aparente e móveis antigos no ambiente. “Cozinha é lugar de calor, bate-papo, reuniões em família. Tem que ser aconchegante, revelar elementos de nossa história e incorporar materiais quentes, como madeira e barro”, ensina.

Para potencializar os nutrientes
“Qualquer grão comestível pode s... Um título para uma foto sem titulo Nos dias de sol, Carina e Hélio tomam café da manhã ao ar livre, no pequen... Os armários suspensos vieram do Hotel Paineiras, erguido em 1884 e demolido ...

Continua após a publicidade

Publicidade