Casa Created with Sketch.

Espaço de coworking revitaliza antigo banco em Montreal

Abandonado em 2010, o banco Royal Bank Tower já foi considerado o prédio mais alto do Canadá e hoje abriga o Crew Collective

01-espaco-coworking-revitaliza-antigo-banco-montreal-crew-collective

 (/)

Anteriormente considerado o prédio mais alto do Canadá, o banco Royal Bank Tower foi construído em 1928 em Montreal, no Canadá, mas foi abandonado em 2010.

02-espaco-coworking-revitaliza-antigo-banco-montreal-crew-collective

 (/)

Vazio até pouco tempo atrás, o banco neoclássico de 1115 metros quadrados foi revitalizado e adaptado pelo arquiteto Henri Cleinge, que transformou o piso térreo no mais novo espaço de coworking da cidade, o Crew Collective.

03-espaco-coworking-revitaliza-antigo-banco-montreal-crew-collective

 (/)

Ali, o contraste entre o velho e o novo é o grande destaque o espaço e oferece um local inédito com escritório compartilhado e café.

04-espaco-coworking-revitaliza-antigo-banco-montreal-crew-collective

 (/)

Do projeto original, o piso de mármore e o teto de 15 metros de altura foram restaurados, assim como os acessórios de metal e de iluminação.

05-espaco-coworking-revitaliza-antigo-banco-montreal-crew-collective

 (/)

“Nós queríamos criar uma intervenção discreta sem dominar a concha existente. Foi muito importante estabelecer um equilíbrio fino entre o velho e o novo. O velho teve que permanecer como principal característica sem comprometer o novo”, o arquiteto contou ao site The Spaces, que publicou o projeto.

06-espaco-coworking-revitaliza-antigo-banco-montreal-crew-collective

 (/)

Dessa forma, o mobiliário do espaço aproveitou estruturas já existentes, como os balcões que hoje servem os visitantes do café.

07-espaco-coworking-revitaliza-antigo-banco-montreal-crew-collective

 (/)

Para dividir os ambientes sem interferir na base arquitetônica que confere muita personalidade ao local, divisórias douradas e de vidro foram instaladas, valorizando o antigo e criando diferentes áreas de trabalho.

08-espaco-coworking-revitaliza-antigo-banco-montreal-crew-collective

 (/)

“O vidro é um elemento importante porque é discrete e moderno, mas, com a transparência, todos os elementos antigos e novos ficam expostos”, Cleinge completou.

09-espaco-coworking-revitaliza-antigo-banco-montreal-crew-collective

 (/)

 

 

Fonte: The Spaces.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s