Casa Created with Sketch.

Escritório tem sala de reuniões inspirada na cúpula da ONU, em Nova York

Novo escritório da Arval, em São Paulo, tem sala de reuniões inspirada na cúpula da ONU em Nova York e grafites nas paredes.

foto 1 (2)

 (/)

Incentivar a circulação de pessoas e abusar dos elementos curvilíneos — além de criar espaços temáticos. Estas foram as premissas da arquiteta Amanda Souza, do escritório Company Arquitetura ao projetar o novo escritório da Arval, em São Paulo. “Buscamos facilitar ao máximo a circulação de pessoas. A partir daí, os espaços foram criados seguindo o conceito de open space“, explica a arquiteta. Ao longo dos 1.800 metros quadrados, os ambientes são integrados, facilitando o relacionamento entre funcionários de áreas diferentes. Já o mobiliário ganhou diversas formas geométricas, como quadrada, retangular, redonda, permitindo que os trabalhadores fiquem em frente uns aos outros, de maneira democrática, ou até mesmo favorecendo um líder ou representante, que ficariam nos polós das mesas.  Além disso, o uso de elementos curvos remetem ao universo zen, com mandalas e filtros de sonhos. As mesas ganharam formatos orgânicos e as paredes, desenhos assinados pelos artistas plásticos Crânio, Presto e Paulo Ito. “O trabalho que desenvolveram superou nossas expectativas, deixando o ambiente mais moderno e descontraído”, contou Arnault Leglaye, CEO da Arval. O destaque do espaço ficou por conta de uma sala de reunião, feita em formato de cúpula e revestida internamente com imagens de Foz do Iguaçu. Com sete metros de diâmetro, o espaço foi inspirado em sedes importantes e decisivas do mundo, como o Congresso Nacional, em Brasília, a cúpula da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York ou, até mesmo, cúpula da Casa Branca, nos Estados Unidos. Confira as imagens do escritório na galeria abaixo.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.