Escritório Moreau Kusunoki assina projeto do Guggenheim em Helsinque

Composto por nove volumes mais baixos e uma torre que parece um farol, o museu terá praças públicas entre os pavilhões

Por Gabriela Fachin Atualizado em 14 dez 2016, 11h57 - Publicado em 4 dez 2015, 14h00
1- guggenheim

O projeto para o Museu Guggenheim em Helsinque, na Finlândia, do escritório parisiense Moreau Kusunoki Architectes, convida os visitantes e pedestres a interagirem com a obra e fazerem parte da paisagem. Tudo porque o edifício é composto por pavilhões conectados e praças públicas, organizados ao redor de uma rua interna.

2- guggenheim

São nove volumes mais baixos e uma torre que parece um farol, com fachada de madeira local carbonizada e vidro. Uma passarela de pedestres conectará o Guggenheim ao Observatory Park, que fica próximo ao terreno, e um passeio ao longo do Porto Sul de Helsinque também servirá o museu.

3- guggenheim

Chamado de Art in the City (Arte na cidade), o design dos arquitetos Nicolas Moreau e Hiroko Kusunoki foi escolhido em junho como o vencedor do concurso para o projeto do museu. Foram seis finalistas entre as 1715 inscrições, de mais de 77 países. Para o presidente do júri Mark Wigley, a proposta dialoga com a beira do mar, o parque e a área urbana próxima, além de gerar um senso de comunidade ao trazer as pessoas para o espaço do museu.

Continua após a publicidade

Publicidade