Casa Created with Sketch.

Diário de Reforma: a decoração que virou modelo de negócios

Larissa e Eduardo criaram o @casalegre como um diário da obra que faziam, mas evoluiu para a loja online do casal

É possível transformar um perfil no Instagram em trabalho de tempo integral. Essa é a lição que aprendemos com o @casalegre, desenvolvido por Larissa Brehm e Eduardo Ribas.

A ideia de criar uma conta no Instagram surgiu como tantas outra relacionadas à reforma e decoração: um desejo de montar um diário da evolução do projeto, desde sua concepção até a execução final. O casal já tinha reformado e decorado um apartamento inteiro antes, porém, os registros foram poucos e com a casa em que moram atualmente queriam manter tudo documentado. “Como um diário para nós mesmos”, diz ela.

Cozinha limpa é metade do trabalho doméstico né? 🙌🏼

A post shared by Casalegre Store (@casalegre) on

Larissa e Eduardo já tinham o hábito de manter um blog – e era uma ideia também compartilhar a reforma por lá –, mas gostaram da agilidade de uma conta no Instagram, que não precisa de tanta edição e material como um texto corrido e explicativo.

Quem já foi lá no blog ver nosso post sobre a parede de tijolinhos? 🔨

A post shared by Casalegre Store (@casalegre) on

A rede social serviu também como uma forma de trocar experiências com outras pessoas, um dos pontos mais interessantes de manter um perfil só para falar sobre essa temática: “Porque acontece muito de alguns profissionais não serem tão sérios, tentam te levar na lábia, ou te enrolar, principalmente a nós mulheres. Então é bacana poder trocar essa experiência com outra pessoa que já passou por aquilo tudo”, explica.

Para Larissa, um ponto importante de qualquer reforma é ter uma reserva de dinheiro para lidar com a obra – isso, claro, além de planejar tudo nos mínimos detalhes: “Tenha em mente exatamente o que você quer fazer, que profissionais serão necessários, ou se você vai executar, que materiais serão necessários, do princípio ao fim. O que mais nos atrapalhava era ter que sair no meio de uma tarefa, que já era executada em um sábado a tarde, por exemplo, porque acabou algum material necessário para a sua execução”.

Para economizar e dar um toque mais pessoal para cada canto da casa, Larissa e Eduardo acabaram fazendo muitos detalhes eles mesmos (como a pintura). Equilibrar isso com os empregos dos dois, que não eram assim tão flexíveis, foi um desafio, mas pelo menos todo o trabalho duro rendeu uma casa com a cara dos dois e uma ideia de negócio.

“Durante a etapa de decoração, nós acabamos produzindo muita coisa para ela. Desde luminárias, até quadros, almofadas, lençóis, etc. Sempre achamos um pouco difícil encontrar peças que se adequassem ao nosso estilo de decor e que ao mesmo tempo não custassem muito. A gente sempre acreditou que decoração pode ser acessível. Daí veio a ideia da loja, porque muita gente queria comprar o que nós produzíamos para nós mesmos. Decidimos arriscar e lançar a loja virtual. Fomos atrás de fornecedores responsáveis, que tratassem o produto com o mesmo cuidado que nós tratamos. Muita coisa somos nós mesmos que fazemos, como sempre a vontade de por a mão na massa fala mais alto lá em casa, então estruturamos de uma forma que a gente consiga acompanhar tudo de muito perto, ou que a gente mesmo faça”, explica.

Veja todas as matérias da tag Diário de Reforma clicando aqui

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s