Casa Created with Sketch.

Corredores: como aproveitar estes espaços da casa

Muitas vezes esquecidos na hora da decoração, com um bom planejamento, eles podem se tornar funcionais e atrativos

Nesse projeto executado pela arquiteta Isabella Nalon, o ambiente ganhou alguns itens importante – como o banco, espelho e penduradores – que agregaram atribuições valiosas na rotina dos habitantes do imóvel.

Nesse projeto executado pela arquiteta Isabella Nalon, o ambiente ganhou alguns itens importante – como o banco, espelho e penduradores – que agregaram atribuições valiosas na rotina dos habitantes do imóvel. (Julia Herman/Casa.com.br)

Por que não aproveitar todos os cantinhos que a sua casa oferece? Ocupados com os principais cômodos, esquecemos dos espaços que nos levam a cada um deles, os corredores! No trânsito diário dos moradores, o ambiente pode ser explorado para além da interligação da área social com a íntima e transmitir personalidade, acolhimento e funções complementares.

Espaço por Bianca Atalla e Fernanda Mendonça, do Oliva Arquitetura.

Espaço por Bianca Atalla e Fernanda Mendonça, do Oliva Arquitetura. (Mariana Orsi/Casa.com.br)

Com um planejamento, você consegue trabalhar com o objetivo de preservar a privacidade dos moradores com muito estilo – por meio da decoração, uso de cores e acessórios. Conheça as dicas de como criar corredores interessantes, sem destoar do restante da residência:

Nesta residência, o escritório Corradi Mello Arquitetura, revestiu as parede com madeira freijó e ainda concebeu uma estante com armários e nichos que receberam uma seleção de itens decorativos.

Nesta residência, o escritório Corradi Mello Arquitetura, revestiu as parede com madeira freijó e ainda concebeu uma estante com armários e nichos que receberam uma seleção de itens decorativos. (Evelyn Müller/Casa.com.br)

Como deixar o décor do corredor mais atrativo?

Em um primeiro olhar, pode parecer que não há muito o que fazer em termos de decoração nos corredores. Contudo, o ambiente pode ser útil para ampliar os espaços dentro de casa, ainda mais em apartamentos com tamanhos reduzidos.

Um dos pontos fundamentais é que o corredor apresente uma largura confortável para que a área de transição seja útil. Assim, armários planejados, como um roupeiro – para roupas de cama e toalhas -, podem ser inseridos.

No projeto realizado por Camila e Thatiana, do escritório Corradi Mello Arquitetura, o caminho que leva o morador para a área reservada do apartamento foi decorado com mais de 100 fotos clicadas nas viagens realizadas por ele.

No projeto realizado por Camila e Thatiana, do escritório Corradi Mello Arquitetura, o caminho que leva o morador para a área reservada do apartamento foi decorado com mais de 100 fotos clicadas nas viagens realizadas por ele. (Evelyn Müller/Casa.com.br)

Na opinião da designer de interiores Thatiana Mello, não há questões limitantes para investir em escolhas que possam agregar um diferencial. Ela dá a dica de incluir um gallery wall, uma configuração que não ocupa espaço.

Além dos móveis, outras peças ajudam a compor um visual mais interessante para o corredor. Os espelhos, por exemplo, aumentam a amplitude do ambiente – além de torná-lo mais sofisticado – e são perfeitos para áreas reduzidas.

Neste corredor estreito, Isabella Nallon inseriu os espelhos para ajudar na amplitude.

Neste corredor estreito, Isabella Nallon inseriu os espelhos para ajudar na amplitude. (Julia Herman/Casa.com.br)

Investir em modelos arredondados ou retangulares é outra estratégia preciosa, pois, quando iluminados indiretamente, favorece ainda mais o local. Não se esqueça dos vasinhos de plantas, toques verdes são sempre bem-vindos.

 (Quattrino Arquitetura/Pinterest)

Medidas

Não existe um tamanho ideal para o corredor, mas tenha como referência uma largura mínima de 0,90 a 1m, que permite uma circulação confortável e o transporte de materiais sem esbarrar nas paredes.

Já para o comprimento, a metragem influencia diretamente na iluminação e na percepção que o morador terá do espaço. Em projetos mais amplos, a arquiteta Isabella Nalon recomenda um indicador de até 5m.

 (Zoltan Eberhart/YouTube)

Mais do que isso pode trazer ao habitante a impressão de estar andando em um funil e a iluminação precisa ser ainda mais eficaz, pois qualquer falha pode deixá-lo corredor escuro.

O corredor executado pela arquiteta Carina Dal Fabbro exibe a combinação entre as paredes pintadas de cinza e um espelho, com moldura vitoriana.

O corredor executado pela arquiteta Carina Dal Fabbro exibe a combinação entre as paredes pintadas de cinza e um espelho, com moldura vitoriana. (Rafael Renzo/Casa.com.br)

Paredes

Com o propósito de produzir um ambiente mais descolado, uma boa opção é utilizar pintura bicolor. Duas cores diferentes na mesma parede cria um efeito vintage ou contemporâneo – sendo que as superfícies mais claras são eficazes para o efeito de extensão.

Em contrapartida, para estreitar, a paleta mais escura costuma ser a mais indicada e, quando utilizada nas paredes do fundo, produz a percepção de que a área está mais apertada.

 (Reprodução/Pinterest)

Iluminação

Por ser um local pouco iluminado dentro da casa, o corredor requer uma iluminação específica e diferente dos outros cômodos. Aqui, é possível produzir alguns efeitos de luz, sendo o recomendado optar por peças como arandelas de fachos e balizadores de parede para assegurar um efeito delicado. Outra possibilidade é inserir uma iluminação mais cênica para destacar forro de gesso.

Veja também
Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.