5 vezes em que a moda se inspirou na arquitetura

Encantados com os desfiles da São Paulo Fashion Week desta semana, relembramos algumas coleções inspiradas em arquitetos ou elementos arquitetônicos

Por Da redação Atualizado em 15 dez 2016, 12h47 - Publicado em 22 out 2015, 20h11
01-vezes-em-que-a-moda-se-inspirou-na-arquitetura

A coleção que a Animale apresentou nesta edição da São Paulo Fashion Week buscou inspiração nos trabalhos de Tadao Ando, grande nome da arquitetura japonesa contemporânea e ganhador do Pritzker em 1995. A ideia veio do estilista Victorino Campos que ficou fascinado com o arquiteto após ter visto uma exposição sobre a sua obra em Paris.

02-vezes-em-que-a-moda-se-inspirou-na-arquitetura

Reinaldo Lourenço inspirou-se em Portugal para criar os looks que apresentou na temporada de Inverno 2016 da São Paulo Fashion Week. Bairro Alto de Lisboa e Viana do Castelo foram algumas das referências do estilista. As estampas remetem à azulejaria portuguesa — criando grafismos muito interessantes.

04-sou-fujimoto-inspira-colecao-de-moda-na-paris-fashion-week

Continua após a publicidade

“Eu tenho admirado o trabalho de Sou Fujimoto e sua abordagem única para a arquitetura por bastante tempo”, disse Albert Kriemler, diretor criativo da grife suíça Akris, que foi inspirado pelas obras do arquiteto Sou Fujimoto para criar esta coleção da marca. O desfile contou com 49 looks montados com roupas que referenciam os prédios do japonês — e o melhor: todas as modelos usavam os óculos com o mesmo formato daqueles do arquiteto. Para arrematar, a passarela, instalada no Grand Palais, durante a fashion week de Paris neste ano, foi recriada como uma réplica da House N, projeto famoso assinado por Fujimoto.”Há arquitetos cuja visão é próxima ao propósito da moda – criando uma relação entre o corpo e o ambiente que ajuda os seres humanos a viver confortavelmente. Sou é um deles”, completa Kriemler.

04-vezes-em-que-a-moda-se-inspirou-na-arquitetura

A arquiteta italiana Lina Bo Bardi foi tema de um desfile de moda da marca Maria Bonita, em 2010, realizado no Sesc Pompéia, que leva a sua assinatura. A coleção ganhou ares geométricos baseados nos traços de Lina, que trabalhou em Milão com Giò Ponti. Os tons de cinza lembram o concreto das construções, uma marca de Lina.

03-vezes-em-que-a-moda-se-inspirou-na-arquitetura

Você pode não acreditar, mas a marca Giorgio Armani já se inspirou em arquitetura asiática antiga. Este vestido foi criado com as camadas que remetem aos templos orientais budistas de vários andares. Repare nas ombreiras, na barra da saia e nos cabelos, elas caracterizam os vários patamares dos pagodes. O desfile foi da temporada de 2009.

Continua após a publicidade

Publicidade