5 boas ideias de décor que podemos tirar deste restaurante na Espanha

Em Córdoba, na Espanha, no restaurante Noor, assinado pelo GG Architects, se inspirou na herança árabe para criar uma experiência cultural gastronômica

Por Mariana Bruno Atualizado em 15 dez 2016, 12h41 - Publicado em 6 jun 2016, 12h16
00-gg-architects-noor-restaurante-5-boas-ideias-cultura-arabe

Uma interpretação contemporânea da herança árabe na Espanha: este foi o principal foco do escritório GG Architects quando desenharam o restaurante Noor, em Córdoba, na Espanha. “Noor é muito mais do que um restaurante, é um projeto cultural em que o principal objetivo é viver uma experiência gastronômica completa”, explica o site oficial dos profissionais. Para eles, contraste entre interior e exterior, sequência de espaços, luz e sombra e padrões foram essenciais – e nós podemos aprender com todas essas boas ideias de decoração inspirada na cultura árabe. Confira:

1. Contraste entre interior e exterior

01-gg-architects-noor-restaurante-5-boas-ideias-cultura-arabe

“Na arquitetura árabe, o contraste entre o exterior mais humilde e riqueza do interior também é caracterizado. Noor opera de um modo semelhante”, conta o GG Architects. Assim, a fachada do restaurante ganhou um estilo despretensioso e moderno, coberto por cerâmicas geométricas, e um interior rico em detalhes.

2. Sequência de espaços

02-gg-architects-noor-restaurante-5-boas-ideias-cultura-arabe

O layout aberto integra lounge, cozinha (instalada atrás do balcão) e a área das mesas, decorada com uma enorme – e linda – escultura de madeira com efeito circular. “Os palácios e edifícios árabes são claramente organizados em uma sequência de espaços. No Noor, a sequência espacial é crucial para construir a experiência gastronômica. Tudo está conectado, mas claramente diferenciado. Cada espaço tem um caráter diferente, criando uma sensação de profundidade e fluidez”.

3. Luz e sombra

03-gg-architects-noor-restaurante-5-boas-ideias-cultura-arabe
Continua após a publicidade

Do lounge mais escuro ao salão repleto de iluminação natural, o jogo de luz e sombra é essencial ao projeto: “sua articulação é empregada no Noor para potencializar o contraste entre interior e exterior e a sequência de espaços. Neste ponto é onde o pequeno lounge é de importância fundamental, articulado e servindo como um filtro, quando saímos da luz exterior e passamos pela escuridão da entrada para voltar novamente à luz da sala, mas com uma luz aérea e diferenciada, com mais densidade do que a de fora”.

4. Padrões

06-gg-architects-noor-restaurante-5-boas-ideias-cultura-arabe

Os padrões e a geometria são fundamentais na arte árabe. Não à toa o escritório empregou uma grande variedade de estampas presentes no restaurante, que conta com cerâmicas geométricas na fachada, e piso estampado, placas perfuradas com formatos circulares, que cobrem parede e bancada, e escultura com folhas desenhadas no interior.

5. Personalização

05-gg-architects-noor-restaurante-5-boas-ideias-cultura-arabe

Além da decoração e da arquitetura do Noor, outros cuidados foram tomados para que o local tivesse uma unidade tanto no estilo quanto na base árabe. Para isso, o mobiliário foi feito especialmente para o projeto, e leva as cores espalhadas pelos ambientes – branco, preto e madeira, que destacam a escultura e as estampas. Da mesma forma, as louças, talheres e copos foram projetados por artesãos e ourives com materiais do período árabe, como couro, cerâmica e madeira.

04-gg-architects-noor-restaurante-5-boas-ideias-cultura-arabe 07-gg-architects-noor-restaurante-5-boas-ideias-cultura-arabe 08-gg-architects-noor-restaurante-5-boas-ideias-cultura-arabe

Fonte: Design Boom

Continua após a publicidade

Publicidade