Casa Created with Sketch.

13 dicas ter uma casa acessível na terceira idade

A decoração voltada para a terceira idade exige alguns cuidados especiais. Confira a nossa lista

Decorar uma casa para um morador na terceira idade pede cuidado: é importante estar atento para criar ambientes acessíveis. “A arquitetura tem que unir conforto, beleza e independência para os idosos”, afirma a arquiteta Dorys Daher. Para isso, é necessário pensar em todos os aspectos da casa, com foco na prevenção de acidentes, uma preocupação constante para quem é mais velho. E não é à toa: “na maioria dos casos, as providências são tomadas só após um incidente”, pondera Teresa Ioshimoto, do Centro de Reabilitação do Hospital Israelita Albert Einstein. Para prevenir e provar que o cuidado é importante, separamos 13 dicas que devem ser tomadas ao reformar. 

Idosos 1

 (/)

1. “A ventilação e iluminação naturais são fatores importantes para a higiene do ambiente, e devem seguir as diretrizes do código de obras ou do código sanitário”, observa o arquiteto urbanista Robson Gonzales, da Arpa Arquitetura e Acessibilidade. Quanto à iluminação artificial, “é importante ter os comandos próximos à cama e à porta de entrada, deve-se evitar o deslocamento dos idosos no escuro. Ter um sistema de arandelas, balizando o caminho até o sanitário também é um fator que ajuda a reduzir o risco de quedas”, conta.

02-dicas-ter-uma-casa-acessivel-na-terceira-idade

 (/)

2. Persianas automatizadas ou que exijam pouco esforço para manejo são indicadas. “Janelas de correr são as mais recomendadas. Evite aquelas do tipo guilhotina, que podem causar acidentes”, alerta Robson.

03-dicas-ter-uma-casa-acessivel-na-terceira-idade

 (/)

3. Opte por papéis de parede simples, já que estampas mais intensas podem confundir o morador e atrapalhar a noção de profundidade. “Podemos utilizar papéis de parede com textura, porém estampas devem ser utilizadas com critério. Recomendo a utilização de cores claras e tons pastel. Cores brilhantes devem ser evitadas”, conta o arquiteto. Outro aspecto principal é o uso de cores contrastantes nas paredes e piso, o que facilita o reconhecimento da delimitação dos espaços.

04-dicas-ter-uma-casa-acessivel-na-terceira-idade

 (/)

4. Uma unanimidade entre os profissionais: os pisos devem ser antiderrapante. Carpetes e tapetes? Só de pelo curto e embutido ou preso ao piso por meio de adesivos. Eles devem ser muito bem limpos para evitar o acúmulo de ácaros e pó. Se o piso for de madeira, opte por tábuas corridas: “nos ambientes internos, tacos soltos e pontas de tapete podem dificultar a vida”, alerta Fabio Nasri, geriatra do Hospital Israelita Albert Einstein.

05-dicas-ter-uma-casa-acessivel-na-terceira-idade

 (/)

5. Para que a mobilidade do idoso não seja comprometida, os degraus devem ser evitados a todo custo e ser substituídos por rampas sempre que possível. Uma opção mais em conta, rampas móveis de madeira revestida com carpete ou de chapa de alumínio corrugado (antiderrapante) também podem ser feitas. Importante: a inclinação da rampa não deve ultrapassar 10%. Se não tiver jeito, o ideal é que os degraus tenham entre 28 e 30 cm, para abrigar o pé inteiro e serem muito bem iluminados. Outra alternativa é instalar um elevador no espaço: “Além de atender às normas, a acessibilidade é um direito e tem o objetivo de permitir a integração de todos, sem exceções”, diz o diretor comercial da Daiken Elevadores, Fabrício Serbake.

06-dicas-ter-uma-casa-acessivel-na-terceira-idade

 (/)

6. Os móveis têm que ser firmes, preparados para que o morador possa usá-los como apoio e, de preferência, devem ter os cantos arredondados ou emborrachados. A altura indicada para sofás e poltronas é em torno de 50 cm. E nada de acolchoados moles – são as espumas mais rígidas que favorecem na hora de levantar.

07-dicas-ter-uma-casa-acessivel-na-terceira-idade

 (/)

7. Barras de apoio, como corrimões são essenciais em áreas como escadas, degraus, banheiros e corredores, que devem permanecer livres de obstáculos. Luzes de balizamento e revestimentos contrastantes também são indicados nas áreas de passagem.

08-dicas-ter-uma-casa-acessivel-na-terceira-idade

 (/)

8. Nos armários, portas de correr são mais confortáveis: “Os armários devem ter iluminação interna, de preferência com acendimento automático. Os puxadores devem ser do tipo alça e cantos vivos devem ser evitados. Gavetas e sapateiras devem estar posicionadas acima de 50 cm de altura em relação ao piso”, diz Robson Gonzales.

09-dicas-ter-uma-casa-acessivel-na-terceira-idade

 (/)

9. O quarto, onde o idoso passa boa parte do tempo, pede iluminação constante, especialmente durante a noite, quando ele pode se levantar para ir até a cozinha ou banheiro. Para isso, uma luminária, dimmer, ou uma lâmpada fria no cômodo vizinho, que pode ficar ligada com baixo gasto de energia. No banheiro, o ideal é um sensor de presença com acendimento automático.

10-dicas-ter-uma-casa-acessivel-na-terceira-idade

 (/)

10.  “Além de equipar a cama com interruptor de luz, telefone e controles, é necessário ter cuidado com a altura da colchão em relação ao piso. Esta altura deve ser igual a distância poplítea: o idoso precisa ter as plantas dos pés totalmente apoiadas no piso antes de se levantar. Providenciar barras de apoio próximas à cama é recomendável”, aponta o arquiteto urbanista. Colchões articuláveis com controle remoto são uma boa alternativa.

11-dicas-ter-uma-casa-acessivel-na-terceira-idade

 (/)

11.  O banheiro é provavelmente o ambiente que exige mais atenção: ele é frequentado diversas vezes no dia e apresenta superfícies molhadas. Dentro do boxe, porta de correr e banco retrátil. Em vez do vidro, que pode quebrar e ferir o morador em uma queda, uma cortina de tecido semipermeável é uma opção barata e fácil de limpar. Boxes blindados, apesar de mais caros, também podem ser instalados. Para maior conforto, a torneira pode ser substituída por uma alavanca giratória e corrimões devem ser instalados pelo espaço. Disponibilizar um botão de alarme no banheiro também é boa ideia, além de eliminar o degrau que impede a saída da água do boxe e colocar uma grelha no local.

12-dicas-ter-uma-casa-acessivel-na-terceira-idade

 (/)

12.  Na cozinha, um tapete próximo da pia evita que o chão se molhe e que o idoso escorregue. Em vez de fogão convencional, cooktops elétricos são mais seguros. O ambiente é um bom lugar para guardar os remédios do morador, já que todas as manhãs ele vai até ali para tomar o café. É importante que eles estejam organizados, nomeados e que haja alguma forma de controle, caso ele esqueça se tomou ou não a medicação. Na área, varal elétrico facilita a independência.

13-dicas-ter-uma-casa-acessivel-na-terceira-idade

 (/)

13.  Para cuidados mais completos, o “guarda-corpo deve ser utilizado em todas as escadas, sacadas e rampas, quando não protegidas por paredes laterais. Escadas e rampas devem ter corrimãos dos dois lados”, aconselha o arquiteto urbanista Robson Gonzales, da Arpa Arquitetura e Acessibilidade.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s