Banheiro reformado com pouco dinheiro e muito bom gosto

O banheiro de apenas 2,5 m² do apartamento antigo teve seus revestimentos mantidos, mas ganhou toques de sofisticação

Texto Carine Savietto e Bárbara Trevisan (colaboração) | Reportagem visual Maísa Donnini | Fotos Ucha Aratangy

Divulgação

banheiro-pequeno-reformado-economia-00

Recém-mudados para um apartamento antigo, em Campinas, SP, a fonoaudióloga Adriana Grandin e o administrador Odimar Inácio tinham muitos planos de reforma, mas pouca grana no bolso. A decisão foi repaginar um ambiente por vez, a começar pelo mais coitadinho, o banheiro social, de 2,50 m². Incumbida do projeto, a designer de interiores Claudia Medeiros, cunhada do casal, sugeriu intervenções localizadas, que mudaram completamente o astral do cômodo. O ponto alto é a vibrante faixa de pastilhas de vidro verdes: Não gostávamos nem um pouco do listelo cerâmico decorado que existia em seu lugar”, lembra a moradora.

Em prol da economia, a regra foi manter os elementos que estivessem em bom estado e oferecessem visual neutro. Assim, ficaram o vaso e o revestimento cerâmico do piso e das paredes.

A bancada original, de granito, logo saiu de cena, abrindo espaço para um modelo de madeira, confeccionado pelo irmão de Odimar e marido da designer, Pedro Inácio Medeiros, que se revelou um marceneiro de mão cheia. “Elegemos como matéria-prima o cumaru, naturalmente resistente ao ataque de cupins e à umidade. Ainda assim, demos acabamento com hidrorrepelente stain, para reforçar a proteção da superfície”, detalha Claudia. Cuba e torneira novas vieram para valorizar o tampo.

Outra mudança significativa custou menos do que parece: a troca da faixa decorativa de aspecto ultrapassado pelas modernas pastilhas saiu por R$ 306, com materiais e mão de obra. Depois de bem lixada, a moldura do espelho, que já pertencia aos moradores, voltou a brilhar ao receber cera de abelha.

Como a ideia era usar o cômodo exclusivamente como lavabo, a área do boxe foi inutilizada. pelo mesmo motivo, não há gabinete. “A bancada preenche a extensão de uma parede, oferecendo local de sobra para sabonetes e enfeites.”

Por um projeto online similar, Claudia cobraria R$ 250.

Quanto custou? R$ 1341

 

Divulgação

banheiro-pequeno-reformado-economia-03

Curta o CASA.COM.BR no Facebook