Casa Created with Sketch.

Casa na Bahia encanta com lounge ao ar livre e cozinha gourmet

O paulistano André e a mineira Daniela se conheceram na baiana Trancosoe por lá fcaram. Com esta casa, cheiade referências de cada um, eles se enraizaram definitivamente

O cenário não poderia ser mais atraente: Trancoso, no litoral sul da Bahia. Há oito anos, o jornalista André Lattari saiu da capital paulista para gerenciar um empreendimento hoteleiro no charmoso vilarejo. Pouco tempo depois, chegou a vez de a arquiteta Daniela Oliveira trocar o interior de Minas Gerais pelo trabalho no mesmo projeto de André. A sintonia dos dois extrapolou a área profissional. Hoje, eles não apenas têm um escritório de arquitetura na região, o Vida de Vila, como também moram juntos há seis anos. “Depois de passarmos algum tempo construindo para os outros, decidimos fazer isso por nós no terreno que eu tinha num condomínio fechado”, relembra ele. E o velho ditado “casa de ferreiro, espeto de pau” fez todo o sentido ao longo do processo. “Levamos quase dois anos para finalizar os desenhos e começar a empreitada”, confessa André. Nesse período, o casal amadureceu as soluções, fez uma reserva financeira para bancar a construção e garimpou muito material nos confins da Bahia e de Minas Gerais. “Misturamos nossas origens. Eu contribuí com o astral das antigas fazendas mineiras, graças às peças típicas herdadas da família, enquanto André agregou ideias modernas e, principalmente, sustentáveis ao projeto”, diz Daniela. De um curso de permacultura ele trouxe a inspiração para uma parede de barro na sala de estar. As fôrmas de madeira usadas na elaboração deste fechamento serviram, depois, de estrutura para o banheiro próximo à piscina. Metade das taubilhas (telhas de madeira) veio de demolições. A vantagem, segundo André, é que a matéria-prima velha dilata e retrai menos para se adaptar ao ambiente. “Só precisamos incluir uma manta aluminizada na sobreposição das telhas de modo a impedir a entrada de água.” Quanto à marcenaria, o morador reforça que a região conta com excelente mão de obra. Outra influência local: as portas do tipo baia, usadas nos chalés de hóspedes, estão presentes na maioria das casinhas do Quadrado, centro histórico e turístico de Trancoso. “Juntando tudo isso, buscamos uma arquitetura atemporal, com a mescla e a reciclagem do que fosse possível”, resume a arquiteta e moradora.

 

Morar, receber e trabalhar

No terreno plano de 1125 m², o sobrado convive com dois chalés de hóspedes, um banheiro externo na área da piscina e um estúdio.

– Para as visitas: duas suítes isoladas proporcionam total independência aos hospédes.

– Para os clientes: nos fundos do terreno, fica o home office do casal.

 

planta

Área: 439 m²; Fundação: Renato Santana; Construção: Vida de Vila e Ar Construtora (telhado, deck e piscina); Projeto Elétrico: Ita Soluções Elétricas; Projeto Hidráulico: Connect Service.

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s