Casa Created with Sketch.

Esses gifs mostram como seriam cidades verdes

O escritório de design WATG produziu animações que transformam conhecidas avenidas em jardins exuberantes

WATG reimaginou o Flatiron como um parque verde sem trânsito de carros

WATG reimaginou o Flatiron como um parque verde sem trânsito de carros (WATG/Reprodução)

A equipe do escritório de design WATG reimaginou algumas das avenidas mais icônicas nas principais cidades do mundo, inserindo verde em cenários bastante populares. O trabalho foi descrito pela empresa de design global como “greening de guerrilha”. 

Por meio de uma série de GIFs, as ruas de Londres, Nova York e Honolulu foram transformadas em verdadeiros jardins exuberantes repletos de árvores, com o novo paisagismo e a densa vegetação envolvendo a arquitetura existente. 

Londres foi a primeira cidade a receber o projeto do WATG

Londres foi a primeira cidade a receber o projeto do WATG (WATG/Reprodução)

O conceito, intitulado “Green Block“, foi liderado e iniciado por John Goldwyn, planejador e arquiteto paisagista da WATG em Londres. Trata-se de uma competição de inovação interna focada em como sua equipe de planejadores urbanos, arquitetos, paisagistas e designers poderiam usar suas habilidades e lições aprendidas com a pandemia para melhorar os espaços urbanos em um mundo pós-pandêmico

O conceito permite, ao mesmo tempo, uma visão da paisagem urbana verde, sem carros, ao ar livre, para as ruas das cidades.

A avenida Kalakaua em Honolulu, no Havaí, também recebeu o conceito Green Block

A avenida Kalakaua em Honolulu, no Havaí, também recebeu o conceito Green Block (WATG/Reprodução)

“Nossas cidades estão atrasadas para a transformação e, como algumas pessoas fogem para paisagens mais verdes na esteira do COVID-19, o Green Block prova que você não precisa sacrificar um pelo outro – na verdade, podemos, de fato, ter tanto o estilo de vida urbano quanto o verde ”, disse Goldwyn.

O WATG dedicou anos de pesquisa às animações curtas, que visualizam ajustes práticos e viáveis que melhorariam a qualidade do ar, promoveriam o tráfego de bicicletas e pedestres e tornariam os locais tradicionais de concreto e tijolo em ambientes mais ecologicamente diversos.

* Via The Colossal e WATG

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.