Um novo olhar sobre o modernismo na Casa Cor Minas Gerais

A 19ª edição da mostra reúne 35 projetos e acontece em uma residência projetada em 1954 pelo arquiteto Oscar Niemeyer, na região da Pampulha.

Por Por Luciana Andrade Atualizado em 19 jan 2017, 15h54 - Publicado em 1 out 2013, 12h52

A 19ª edição da Casa Cor Minas será estendida por mais uma semana, devido ao grande sucesso e encerra apenas dia 29 de outubro

A sede da edição 2013 da Casa Cor Minas Gerais, que segue até 22 de outubro, é uma atração à parte. Trata-se de uma das três residências unifamiliares projetadas em Belo Horizonte por Oscar Niemeyer. Original de 1954, a construção de 5.000m² sofreu o mínimo de intervenções nos 35 projetos que compõem a mostra, que incorporam características modernistas. Madeiras, cobogós, pisos cerâmicos e outros elementos são enaltecidos, ao lado de novas tecnologias em automação, iluminação e materiais. A arquitetura da casa também chama a atenção, explorando espaços livres e abertos. Neste projeto, a parte social aparece articulada em generosos panos de vidro retilíneos, ligando a área de serviço ao ambiente de estar. O volume dos quartos, ortogonal e no nível inferior, compensa o desnível do terreno, aparecendo enterrado ao visitante que se aproxima pela varanda acima, aberta para a vista.

Serviço: Casa Cor Minas Gerais 2013

Quando: 21 de setembro a 29 de outubro

Onde: Alameda das Palmeiras, 444 – Pampulha

Horário: 4ª à 6ª feira de 14h às 22h; Sábado de 13h às 22h; Domingo de 13h às 19h.

Special Sale: 19 a 29 de outubro

Ingressos: R$ 50 (inteira) e R$25 (meia – para idosos acima de 60 anos, crianças e estudantes)

Continua após a publicidade

Publicidade