Ecobuild: 800 expositores com produtos sustentáveis

Os arquitetos Frank Siciliano e Marcelo Todescan enviam, de Londres, notícias da Ecobuild. Os estandes trazem de telhado verde a turbinas eólicas com design arrojado.

Por Frank Siciliano e Marcelo Todescan , em Londres Atualizado em 20 dez 2016, 19h42 - Publicado em 4 mar 2009, 17h13
Um título para uma foto sem titulo

Até 05 de março de 2009, Londres sedia a 5ª Ecolbuild, feira de construção voltada para tecnologias sustentáveis na área da construção, realizada pela UK Green Building Council e diversas entidades e empresas privadas. No primeiro dia, não foi possível conhecer detalhadamente tudo o que os 800 expositores mostram, mas deu para perceber que o evento, que acontece no bairro de Ealrs Court, no centro da capital inglesa, desperta mais atenção a cada ano: a cada dia eles esperam receber 30 mil visitantes.

Numa manhã londrina típica, com céu cinza, garoa fina e muito frio, foi possível perceber que a crise econômica deu o tom nas conversas e preocupações dos ingleses. Percorrendo o pavilhão da feira, a reflexão foi inevitável: o momento pelo qual passamos deve servir para repensarmos estilo de vida, hábitos de consumo e incorporar as práticas sustentáveis em nosso dia-a-dia. E foi com otimismo que percebemos a crescente oferta de produtos e soluções sustentáveis de alta tecnologia na área de energias limpas, tanto solar quanto eólica, energia produzida por biomassa, energia geotérmica, isolantes térmicos, materiais renováveis, iluminação de lâmpadas LED, captores de iluminação natural, pisos, revestimentos, telhados verdes, sistemas de ventilação, ar condicionado e aquecimento com baixo consumo de energia. As novas turbinas eólicas têm designers arrojados, são mais eficientes, produzem energia com velocidades menores de vento e estão mais baratas. Está nítido que a indústria está em franca expansão, embora possa ser cedo ainda para falarmos em uma segunda geração de tecnologia.

Também foi bom constatar que equipamentos antes só disponíveis para grandes construções já estão acessíveis aos consumidores domésticos e, em pouco tempo, a exemplo do que já vivemos com as TVs de plasma, estarão mais acessíveis aos consumidores. Além das tecnologias isoladas vemos ainda sistemas construtivos que minimizam o desperdício, que utilizam materiais naturais e alternativos ao petróleo como matéria-prima básica.

O que: Ecobuild 2009

Onde: Earls Court, Londres

Quando: de 03 a 05 de março de 2009

Quanto: entrada gratuita

Um título para uma foto sem titulo Um título para uma foto sem titulo Um título para uma foto sem titulo

Continua após a publicidade

Publicidade