Biblioteca da USP leva o 2º lugar do Prêmio Oscar Niemeyer

Projeto de Mindlin Loeb + Dotto e de Eduardo de Almeida, a Biblioteca Brasiliana ganhou o segundo lugar do Prêmio Oscar Niemeyer para a Arquitetura Latino-americana 2016

Por Mariana Bruno Atualizado em 19 jan 2017, 13h36 - Publicado em 16 nov 2016, 12h50
01-biblioteca-brasiliana-usp-premio-oscar-niemeyer

Dentro da Universidade de São Paulo (USP), a Biblioteca Brasiliana é casa para o maior acervo particular do país, com certa de 17 mil títulos e 40 mil volumes.

02-biblioteca-brasiliana-usp-premio-oscar-niemeyer

Assinado pelo escritório Mindlin Loeb + Dotto e por Eduardo de Almeida, o projeto foi recentemente premiado com o segundo lugar do Prêmio Oscar Niemeyer para a Arquitetura Latino-americana 2016.

03-biblioteca-brasiliana-usp-premio-oscar-niemeyer

Também abrigando o acervo do Instituto de Estudos Brasileiros (IEB), livraria, café, sala de exposições e auditório para 300 pessoas, a Biblioteca é a única construção brasileira entre os três primeiros colocados.

04-biblioteca-brasiliana-usp-premio-oscar-niemeyer
Continua após a publicidade

O projeto Lugar da Memória, de Barclay & Crousse, no Peru, foi premiado com o primeiro lugar.

05-biblioteca-brasiliana-usp-premio-oscar-niemeyer

A premiação do Prêmio Oscar Niemeyer para a Arquitetura Latino-americana 2016 acontecerá hoje na Ágora da Casa de la Cultura Ecuatoriana, durante a XX Bienal Panamericana de Arquitectura de Quito.

06-biblioteca-brasiliana-usp-premio-oscar-niemeyer 07-biblioteca-brasiliana-usp-premio-oscar-niemeyer 08-biblioteca-brasiliana-usp-premio-oscar-niemeyer banner_gotoshop_casa

Clique e conheça a loja CASA CLAUDIA! 

Continua após a publicidade

Publicidade