Casa Created with Sketch.

5 dicas para montar uma lavanderia prática

O arquiteto Bruno Moraes explica como otimizar os espaços sem abrir mão da estética

Pequena, muitas vezes escondida no fundo da cozinha e cenário de algumas das atividades mais trabalhosas da rotina doméstica, a lavanderia acaba ficando por último nos projetos de interiores. Porém, o que muita gente não imagina é como o planejamento da área de serviço pode otimizar as tarefas diárias. O arquiteto Bruno Moraes ensina como transformar o ambiente para facilitar a vida dos moradores.

 (Luis Gomes/Casa.com.br)

Tanque e máquina de lavar

Como nos demais ambientes da casa, a infraestrutura é o ponto inicial. O profissional observa que é preciso avaliar a posição do tanque e a saída de água para a máquina de lavar, pois em muitos casos, o modelo pronto entregue pela construtora, no caso de um imóvel novo, não atende à família. “Sempre podemos repensar a disposição dos itens”, relata Bruno.

Por exemplo, a substituição do tanque de louça por um modelo de inox, que pode ser menor e embutido na marcenaria, possibilita melhor aproveitamento do espaço sob a peça. “A troca permite um ganho de espaço na parte de baixo, que usamos para armazenar produtos e acessórios de limpeza”, ressalta Bruno. Sobre a máquina de lavar, o arquiteto indica o modelo com abertura frontal, permitindo que a parte superior esteja livre para apoio de cestos de roupas e outros itens.

 (Luis Gomes/Casa.com.br)

Revestimentos

Depois de pensar no layout mais funcional, a atenção com os revestimentos é imprescindível. Se a lavanderia for integrada com a cozinha, a recomendação é manter a unidade visual, adotando o mesmo padrão para os dois ambientes. Junto com esse pensamento, Bruno aconselha considerar outras questões como facilidade para limpeza, acabamento que diminua a possibilidade de reter gordura e, no caso do piso, que não ofereça riscos de acidentes quando molhado.

Marcenaria

A marcenaria é uma grande aliada na organização da lavanderia. Mas, para que seja funcional, é preciso elaborar um planejamento que deve considerar o que é realmente necessário para os moradores. Em linhas gerais, além de produtos para as roupas e a limpeza geral do imóvel, itens de rotina, como rodo, vassoura, aspirador de pó, ferro e tábua de passar devem ser contemplados no cálculo do desenho da marcenaria. “Com tudo guardado, eliminamos a sensação de bagunça e ainda trazemos a segurança para quem tem criança ou pets em casa”, completa.

Por se tratar de um ambiente úmido, o material utilizado nos móveis deve ser bem pensado. Mesmo que o morador seja cuidadoso, sempre acaba molhando a superfície em algum momento. Por isso, móveis com acabamento BP pode ser uma boa. A sigla, que vem de baixa pressão, é a técnica usada para prensar um papel com resina melamínica sobre a chapa de madeira, formando uma camada protetora no caso de umidade direta sobre a chapa de MDF ou MDP.

 (Luis Gomes/Casa.com.br)

Acessórios

E como os detalhes fazem a diferença, alguns acessórios são indispensáveis no projeto da lavanderia. Cestos maiores ajudam a organizar as roupas por cor ou se estão limpas ou sujas e, nas versões menores, são ótimos para colocar prendedores. Outro item que tem ganhado espaço nos projetos de lavanderia são os varões. “Opto por incluir o item para pendurar as roupas diretamente no cabide, evitando a necessidade de passar”, explica.

Integrada com a cozinha

Por uma questão de comodidade, sempre que possível o arquiteto procura separar os dois ambientes. “Quando se está com roupa estendida no varal e chegam visitas em casa, a área de serviço integrada e aberta não permite esconder as roupas. Porém, com uma porta para essa divisão, tudo fica mais prático”, enfatiza o profissional.

 (Reprodução/Pinterest)

Mas, em alguns casos, a integração é inevitável, como em apartamentos muito pequenos. Dentro desse perfil, Bruno sugere seguir com a padronização dos acabamentos, tampo e marcenaria empregados na cozinha. Para um visual ainda mais harmonioso, a solução para esconder varal, tanque e máquina de lavar é embuti-los atrás de um armário ou portas, camuflando tudo.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s