Milão 2013: a grande festa de aniversário de CASA CLAUDIA

Alessando Mendini, Vanni Pasca, Fábio Novembre e Ferruccio Laviani foram apenas alguns dos famosíssimos designers que participaram da festa em Milão

Por Por Silvia Gomez e Vanessa D’Amaro, direto de Milão. Fotos de Kátia Lombardo Atualizado em 20 dez 2016, 21h57 - Publicado em 11 abr 2013, 20h41

Cobertura completa da Semana do Design de Milão 2013

brunete-chamada-1

brunete-chamada-2

brunete-chamada-3

A festa de 36 anos da revista CASA CLAUDIA vai ficar para a história. Com a exposição do selo MADE IN BRAZIL, da A Lot Of Brasil, a revista teve o prazer de compartilhar a noite com os designers mais famosos da Itália de todos os tempos. Alessandro Mendini, Vanni Pasca, Marva Griffin, Fabio Novembre, Nika Zupanc, Borek Sipek, Ferruccio Laviani são alguns dos nomes que você vê nestas fotos, feitas ontem, dia 10 de abril, no Palácio Durini – onde aconteceu o evento. Os arquitetos e designers de interiores brasileiros e grandes parceiros do mundo da decoração também estavam lá, mostrando o seu carinho e admiração pela melhor e maior revista de decoração e design do Brasil: Marcelo Rosenbaum, Brunete Fraccaroli, Leo Shehtman, Debora Aguiar, Guto Requena, Maurício Queiroz, Regina Adorno, Décio Navarro, Ângelo Derenze e Roberto Dimbério. Os parceiros do Spazio CASA CLAUDIA – Lar Center, Vitrine, Deca, A Lot of, Artefacto e Trousseau – elogiaram o palácio Durini. O Palácio é casa de um brasileiro que é casado com o herdeiro dos Durini. Eles moram no segundo andar.

“O Spazio Casa Claudia é um espaço de relacionamento com os profissionais e o mercado, mas é também um lugar com muito conteúdo e cultura, assim como cada edição mensal da revista”, diz Pedro Ariel Santana, diretor de redação. Além da festa, o local acomodou a exposição O BISPO, PALAVRAS QUE PRECISAM SER ESCRITAS, que apresenta cerca de 30 réplicas cenográficas de obras de Arthur Bispo do Rosário. O material foi produzido por artesãos sergipanos para o filme “O Senhor do Labirinto”, que aborda a vida do artista plástico, nascido em Japaratuba (SE) e que passou cinquenta anos no manicômio Juliano Moreira, no Rio de Janeiro.

Continua após a publicidade

Publicidade