Luminárias que imitam flores abrindo parecem água-vivas

Instalação assinada pelo Studio Drift compõe o acervo permanente do museu holandês Rijksmuseum

Por Nádia Sayuri Kaku Atualizado em 20 dez 2016, 21h34 - Publicado em 24 mar 2015, 16h10
bloom-1

 

Continua após a publicidade

Assinadas pelo escritório holândes Studio Drift, as luminárias Shylights (“luzes tímidas”) reproduzem o abrir e fechar das flores – chamado de nictinastia, este movimento é feito por algumas espécies ao anoitecer, para se proteger ou poupar recursos. O efeito também se assemelha a águas-vivas.

Shylight-Rijks-11 Shylight-Rijks-8

 

Continua após a publicidade

Para criar uma dessas luminárias, os designers uniram robótica avançada e tecnologia luminotécnica. As “pétalas” são feitas com muitas camadas de seda orgânica. O movimento pode ser controlado por iPhones ou iPads. Quando “aberta”, a flor infla e desce 9 metros.

flower-1 bloom-2

Desde novembro de 2014, cinco dessas luminárias compõem uma instalação permanente no Rijksmuseum Amsterdam. Você pode ver a instalação no vídeo abaixo:

 

Continua após a publicidade

http://www.youtube.com/vctVsLlxI8mA&?version=3&hl=en_US&rel=0

 

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Publicidade